meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

SDSCJ lança campanha para combater violência contra pessoas trans

| Comunicação, Segurança, Direitos Humanos

cartaz trans

Ação integrou a abertura da Semana Nordestina de Visibilidade Trans

O Governo de Pernambuco, por meio da Executiva de Segmentos Sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, lançou a campanha "Respeite minha Identidade de Gênero. Pernambuco sem Transfobia. Basta de Violência contra Pessoas Trans". Lançamento ocorreu na noite desta segunda-feira (23), no cinema São Luis, no Recife, na ocasião da abertura da 4ª Semana Nordestina de Visibilidade Trans.

Além de combater a violência contra este segmento, a campanha deseja sensibilizar e informar a sociedade sobre os direitos de transexuais e também travestis, por meio de mídia impressa e nas redes sociais. A campanha será trabalhada em Pernambuco todo, durante o ano.

O cinema São Luis também foi palco para um desfile de pessoas trans com a coleção verão de Beto Kellner, organizado pelo grupo Mães pela Diversidade, com o apoio da Coordenadoria Estadual LGBT da SDSCJ. Depois foram exibidos documentários sobre transexualidade: O Vôo da Fênix, de Leo Tabosa e “Por Que o Brasil é o País que Mais Mata Transexuais no Mundo”, exibido na Tv Brasil, em junho de 2016.

A reportagem da Tv Brasil investiga a violência de gênero e traz o relato pessoal de cinco mulheres trans, que moram em Pernambuco, tendo em vista que este é o quarto estado do Brasil onde mais se mata essa população.

Uma das entrevistadas da Tv Brasil é Fernanda Falcão, mulher trans que integra a coordenadoria LGBT da SDSCJ e participou do desfile no cinema São Luis. “A campanha Pernambuco Sem Transfobia quer conscientizar a sociedade a dar uma basta à violência contra pessoas transexuais e travesti, visto que o Brasil é o país que mais mata esse segmento e os números de CVLI (crimes violentos letais e intencionais) continuam a crescer”.

Semana - A 4ª Semana Nordestina de Visibilidade Trans são diversas ações culturais e educativas, realizadas pela SDSCJ, prefeituras municipais e a sociedade civil organizada, para lembrar o dia 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans. De 23 a 29 de janeiro, as entidades e pessoas trans vão ocupar os municípios de Recife, Olinda, Igarassu, Goiana e Palmares com uma mobilização em espaços públicos e apresentações de teatro e saraus de poesia.

Durante o evento, a equipe da Coordenadoria Estadual LGBT (SDSCJ) realizará na quarta-feira (25) uma ação educativa no presídio de Igarassu, em parceria com o Centro Estadual de Referência LGBT (SERES), e participará da mesa redonda Pluralidades Trans, no Empresarial The Plaza, na Ilha do Leite. Além do encerramento no domingo (29),  com um sarau no Mercado da Boa Vista.

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSC), sob a gestão do secretário Roberto Franca, e da Secretaria Executiva de Segmentos Sociais/Coordenadoria LGBT, lançou, na última segunda-feira (23/01), no Cinema São Luiz, a Campanha de Combate à Violência contra a População Trans. 

A Campanha visa combater a violência através de meios informativos em busca de sensibilizar a população heteronormativa. Serão distribuídos cartazes e folders para a população, além de postagens para as redes sociais. 
O objetivo é reduzir os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) contra travestis, homens trans e mulheres transexuais em Pernambuco, tendo em vista que é o quarto estado do Brasil onde mais se mata essa população. 
 
Também na próxima segunda-feira, no Cinema São Luiz, às 16h, serão exibidos dois documentários, realizados pela TV Brasil, que falam sobre a população de travestis e transexuais. Os documentários são: "Transexual, a Busca pela Identidade" e "Por que o Brasil é o País que mais mata Transexuais no Mundo".
 
Assuntos: governo de pernambuco, semana nordestina de visibilidade trans, transfobia, Dia da Visibilidade Trans
Compartilhe: Link para o post: