meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Governo do Estado lança edital para estudo de viabilidade da Arena de Pernambuco

| Esportes, Administração, Cotação

 

arena

O Governo de Pernambuco lançou, nesta terça-feira (08), o edital para a contratação de uma empresa para elaborar um estudo de viabilidade técnica, ambiental, econômico-financeiro e jurídico da Arena de Pernambuco. A finalidade é identificar o tipo de operação menos dispendiosa para a administração pública na exploração, manutenção e operação futura do empreendimento.

O documento vai indicar qual o melhor tipo de licitação para o Estado lançar no próximo ano com o objetivo de definir o novo gestor do equipamento. Apenas após a conclusão do trabalho, será possível saber se será concessão simples, parceria público-privada ou outro modelo a ser apontado. As empresas interessadas em realizar o estudo devem entregar uma proposta até o dia 30 deste mês. Após a homologação do resultado e publicação no Diário Oficial, a vencedora terá 120 dias para entregar o material. 

Esta licitação para a realização do estudo de viabilidade seguirá o modelo de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), previsto no decreto 43.000, de 2016. Nele, o valor da licitação, R$ 2,2 milhões, será pago por quem vencer a licitação final, quando será escolhida a empresa que irá explorar a Arena de Pernambuco.

Além do estudo de viabilidade, ao indicar o modelo de licitação para a exploração, manutenção e operação do equipamento, a empresa ainda precisará elaborar o edital para o certame.

"Procuramos deixar tudo organizado da melhor e mais econômica forma possível para o Estado. Quem vencer a licitação que lançamos hoje terá a oportunidade de fazer o estudo de viabilidade e o edital para a licitação internacional que irá escolher a empresa que ficará à frente do equipamento", afirmou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

A realização de um segundo estudo de viabilidade, após o da FGV, é primordial para o processo de licitação que deve ser lançado no ano de 2017. Isso porque, este estará atualizado com a nova realidade da Arena de Pernambuco, com nova administração, custos bem mais baixos do que antes de o Governo do Estado assumir e uma realidade econômica nacional diferente da apresentada na época do material da FGV. Além de ser mais completo, incluindo o edital para a licitação internacional.

 

Cidades: São Lourenço da Mata
Assuntos: arena de pernambuco, licitação, pmi, estudo de viabilidade, modelo de licitação, FGV
Compartilhe: Link para o post: