meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Governo anuncia redução na tarifa de ônibus e lança novo edital para licitação de linhas na RMR

| Balanço, Mobilidade, Administração, Trânsito, Confederações 2013

https://www.pe.gov.br/_resources/files/_modules/files/files_6082_tn_201306181640233ad2.jpg

O governador Eduardo Campos anunciou, na manhã desta terça-feira (18/06), duas medidas de impacto para o serviço de transporte público de passageiros: a desoneração imediata do PIS/Cofins para as passagens de ônibus e o lançamento do novo edital de licitação das linhas de ônibus na Região Metropolitana do Recife. A primeira medida possibilitará uma redução de R$ 0,10 no foto1preço de todos os anéis da passagem, e já entra em vigor nesta quinta-feira (20/06). Com isso, os valores cobrados passam a ser R$ 2,15 (Anel A), R$ 3,35 (Anel B), R$ 2,65 (Anel D) e R$ 1,40 (Anel G). Já a segunda ação visa estimular a disputa entre as empresas, trazendo melhorias na qualidade e na tarifa dos serviços. O novo edital será lançado na sexta-feira (21/06).

“É claro que a busca da juventude não é só pela redução de centavos no preço da passagem, é uma pauta muito mais complexa e ampla. Mas o importante é que vamos dando conta das pautas e que a fila ande. É importante que as pessoas entendam que construímos democracia para dar saída a essas lutas, aos nossos sonhos e utopias, e temos que entender dessa maneira”, assegurou Eduardo, lembrando que, desde 2011, vem defendendo publicamente a desoneração das passagens.

foto2O novo edital do Consórcio Metropolitano trará inclusão do município de Jaboatão dos Guararapes no processo de licitação das novas linhas da RMR. Em paralelo, para garantir a qualidade do serviço de transporte público, estão em execução o conjunto de obras de mobilidade, orçado em R$ 2 bilhões. Além disso, o Governo do Estado e as prefeituras de Recife, Jaboatão e Olinda apresentarão, no próximo dia 05/07, o calendário de implantação dos corredores exclusivos de ônibus. “Aceleramos estes projetos para fazer de 50 a 70 quilômetros de corredores exclusivos, no período de julho a setembro deste ano”, detalhou Eduardo.

Questionado sobre os motivos que levaram jovens de todo o País a saírem às ruas em protestos, Eduardo avaliou que “é preciso que o Brasil saiba tirar ensinamentos desse momento, mantendo o respeito, a atenção e o zelo”. O governador lembrou que o início de sua atuação política começou ainda no movimento estudantil e reiterou que o governo “está disposto a sentar com os organizadores da manifestação para garantir a segurança, tanto para os que militam como para aqueles que não vão participar da caminhada”. “Eu não posso me esquecer que já estive na posição que eles estão hoje”, rememorou.

foto3"Para que ocorra tudo com muita tranquilidade, com muita paz, é fundamental saber dialogar. É fundamental que os governos abram os ouvidos à sociedade, sentem e possam encontrar os caminhos do entendimento. Eu entendo que muitos jovens que estão na rua, muitos militantes sociais que estão na rua, desejam esse diálogo. Esse diálogo não vai diminuir ninguém, nem diminui o governo nem diminui aos que estão militando no meio da rua. Nossa disposição é essa, para que ocorra tudo com muita tranquilidade e paz, que é o que interessa ao governo e eu entendo que também interessa ao movimento", completou Eduardo.

O governador ainda informou os cuidados que estão sendo tomados para garantir o direito das pessoas se manifestarem com segurança. “Organizamos uma reunião ordinária hoje com a câmera de argumentação do Pacto pela Vida e estamos procurando os poderes constituídos e as entidades da sociedade civil para avisar aos que organizam o movimento que estamos dispostos a sentar com eles. Queremos estruturar um plano de segurança e agir preventivamente, sentando, dialogando e valorizando quem quer fazer o movimento com paz e tranquilidade”, informou o Eduardo.

“Queremos apresentar, para os que vão estar à frente da passeata, nosso comandante que vai estar no terreno coordenando a operação. Para que eles saibam a quem se dirigir, telefonar se houver algum tipo de problema. Assim, tomaremos os cuidados preventivos para que tudo aconteça da melhor forma possível”, detalhou o governador.

foto4Copa das Confederações
O assunto mobilidade durante os jogos da Copa das Confederações também foi abordado durante a coletiva, realizada na Sede Provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções. O governador informou que mudanças vão ocorrer para melhorar a chegada e saída das pessoas à Arena Pernambuco. “Propomos uma alteração de maneira que a gente possa reforçar a quantidade de ônibus que cheguem diretamente até o estádio. Vamos ter outros lugares de estacionamento, além do Parqtel, para as pessoas se aproximarem também de carro”, ressaltou o governador, explicando que esse é um dos objetivos dos jogos.

“A Copa das Confederações ocorre também com o propósito de preparar a Copa do Mundo. É claro que muita coisa funcionou. O estádio estava lá, belo, bem construído, organizado. Nós tivemos muitas questões que funcionaram. Tivemos outras questões que tiveram falhas. Temos que ter a maturidade, a tranquilidade de aperfeiçoar aquilo que falhou. Vamos fazer os ajustes com tranquilidade, vamos compreender que as pessoas que se incomodaram com a demora têm razão, temos que ouvir as pessoas que passaram por aquele aperto e corrigir as questões. Não dá para negar o problema. Tem que se entender o problema e apontar a solução. E a Copa das Confederações é para isso”, defendeu Eduardo.

Assuntos: governador, eduardo campos, pernambuco, estado, auncia, reducao, tarifa, onibus, lanca, edital, licitacao, linha, rmr
Compartilhe: Link para o post: