meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Novo voo liga Pernambuco a 63 destinos em 29 países

| Turismo, Balanço, Administração

Viajar do Recife para os Estados Unidos, México, Canadá, Peru e vários outros países ficará mais fácil a partir do próximo mês. Nesta sexta-feira (18), a Copa Airlines e o Governo de Pernambuco anunciaram para o dia 23 de junho o início das operações do voo Recife-Cidade do Panamá.

A rota marca também a estreia da companhia panamenha ao Nordeste brasileiro. A expectativa da Copa Airlines e do Governo é impulsionar o turismo internacional no estado. “É mais uma empresa de operação global que enxerga o potencial econômico que está em Pernambuco e no Nordeste. Essa escolha pelo nosso estado ajuda a consolidar um ramo interessantíssimo para a integração de fronteiras do turismo latino-americano, como o Caribe, a Pernambuco”, discursou o governador Eduardo Campos, durante o evento realizado no Palácio do Campo das Princesas.

Com o novo voo, Pernambuco estará conectado a 62 destinos em 29 países em todo o continente americano e no Caribe. Inicialmente, serão quatro freqüências semanais. A viagem entre o Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre e o Aeroporto Internacional de Tocumen dura pouco mais de sete horas. No Panamá, o turista não precisará fazer um novo check-in, passar pela alfândega ou pela imigração e a bagagem será despachada automaticamente para o destino final da viagem.

O modelo de avião escolhido para a rota é o Boeing 737-700, com capacidade para 124 passageiros, sendo 12 na Classe Executiva. O embarque do Recife acontecerá todas as segundas, terças, sextas e domingos à 1h47. A volta poderá ser feita nos mesmos dias, no horário de 15h26. Da capital panamenha, o viajante terá conexões imediatas para os Estados Unidos, Venezuela, República Dominicana, Equador, México, Colômbia, Bahamas, Canadá, Cuba, Jamaica, Curaçao, entre outros destinos.  “Esse será o primeiro voo direto para a América Central e a nossa preocupação é conectar Pernambuco com o resto da América Latina de uma forma mais rápida e econômica”, disse o diretor de vendas da Copa Airlines, Adolfo Sen.

A empresa preparou um pacote promocional para o início das suas atividades no Recife com voos que vão de US$ 381 (Caracas, Venezuela) até US$ 840 (Kingstom, Jamaica). Para os Estados Unidos e Canadá, os preços ficam entre US$ 700 e US$ 800 por trecho. A nova rota também significa economia no tempo das viagens. Hoje, a maioria dos turistas nordestinos que buscam os Estados Unidos e a Europa tem que voar cerca de três horas até São Paulo ou Rio de Janeiro, gastar mais duas ou três horas esperando a conexão, para depois fazerem o caminho inverso em direção ao Hemisfério Norte.  

Recife é o primeiro destino da Copa Airline no Nordeste. Até a decisão pela capital pernambucana foram seis meses de negociação com o Governo do Estado. Antes mesmo do início das operações, a companhia já pensa em operar voos diários. “Pernambuco tem um crescimento acelerado e Recife já está entre as 65 cidades de economias emergentes do mundo”, disse, confiante Sen, que espera ter, no mínimo, 70% a 80% das 124 vagas ocupadas já nas primeiras viagens.

Para dar sustentabilidade econômica à nova rota, Pernambuco fará ações de divulgação em toda a América Central. O secretário de Turismo, Alberto Feitosa, destacou a importância da companhia para impulsionar a movimentação de turistas no estado. “Hoje, Pernambuco já é um destino muito procurado pelo turista brasileiro, com 2,5% acima da média nacional. Com as ofertas dos voos da Copa queremos atingir ou até superar a meta de 10% para o turismo internacional.”

Assuntos: panamá, eduardo campos, copa airlines, recife, panamenhaturismo internacional
Compartilhe: Link para o post: