meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Salário médio de professor em PE supera o novo piso em 40%

vO Governo de Pernambuco vai pagar já em março o novo piso salarial estabelecido pelo Ministério da Educação de R$ 1.451,94 para os 70 mil professores da rede estadual. Nesta quinta-feira (1º), o governador Eduardo Campos enviou um projeto de lei complementar à Assembleia Legislativa com os novos valores de vencimento-base dos docentes, durante solenidade realizada no Palácio do Campo das Princesas.

“É a confirmação de um compromisso do Governo com a educação. O indicador (do novo piso) foi confirmado pelo Ministério da Educação 48 horas atrás e hoje já estamos mandando um projeto de lei que confere o reajuste ao professorado do Estado, tanto os da ativa quanto os aposentados”, disse Eduardo.

O novo valor de R$ 1.451,94 é o mínimo a ser pago aos professores de nível médio com jornada de 200 horas/aula mensais e corresponde a um reajuste de 22,22% se comparado ao piso anterior. Já os professores de nível superior, que ganhavam R$ 1.247,37, recebem agora R$ 1.524,53. Estas duas faixas salariais abrangem cerca de 24% do professorado. O restante recebe vencimentos entre R$ 1.943,11 e R$ 2.970,43. Com o aumento, a remuneração média de um professor estatutário em Pernambuco será de R$ 2.050,00, mais de 40% acima do piso estabelecido.

O reajuste tem efeito retroativo a janeiro. Com isso, a diferença relativa ao primeiro mês do ano será paga no contracheque de março e o valor referente a fevereiro entrará na folha de abril. No total, são R$ 299 milhões a mais na economia do estado somente este ano.

“Pernambuco dá mais um passo na valorização dos servidores da educação. Cumprimos todas as etapas de maneira antecipada e pioneira, por solicitação do governador. O valor total a mais na folha é muito significativo e demonstra o esforço do Estado em honrar seus compromissos”, frisou Ricardo Dantas, secretário de Administração.

GANHO REAL – A atual gestão tem demonstrado, na ponta de lápis, a sua política de valorização do professor concedendo aumentos salariais bem acima da inflação. Neste segundo governo, serão 38% a mais de salário para o docente de nível médio e 44,5% para os de nível superior até o final deste ano. De 2007 a 2010, os profissionais de nível médio tiveram um reajuste de 71%. Já o de nível superior acumulou 42% de aumento no mesmo período.

Assuntos: piso, salario, professor, eduardo campos, educacao
Compartilhe: Link para o post: