meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

Eduardo recebe movimento estudantil e Governo analisa pauta de propostas

| Transporte

a

Ampliação da participação do movimento estudantil no Conselho Metropolitano de Transportes Urbanos (CMTU). Realização, em 20 de março, de uma reunião extraordinária do Conselho para discutir a pauta de reivindicações apresentada.

Foram estas as principais decisões adotadas pelo governador Eduardo Campos ao se reunir nesta quinta-feira (25/01) com 27 líderes estudantis no Salão das Bandeiras do Palácio do Campo das Princesas.

O encontro se estendeu por duas horas e meia, tempo em que tiveram a palavra várias lideranças. O clima de entendimento prevaleceu em todas as intervenções. Após ouvir as reivindicações dos estudantes, o governador assegurou que a pauta entregue pelo movimento “será uma prioridade do governo”. Como prova, adotou de imediato algumas medidas como a inclusão dos estudantes no CMTU, que deve ter sua composição revista.

“Com a ajuda de vocês vamos legar às gerações futuras um sistema de transporte diferente”. Eduardo também reiterou o pedido de desculpas por qualquer ação arbitrária cometida pela polícia e afirmou que não vai transigir em caso de excessos cometidos pelos policiais. “Quem garante isso a vocês é o governador que já exonerou mais de 300 maus policiais”.

O governador disse ainda que o que foi vivido nos últimos dias não foi bom para o movimento estudantil, nem para o governo, nem para a sociedade.

"Está claro que ocorreram excessos de parte a parte, mas não devemos pautar nosso comportamento pelo que houve de errado. Devemos, ao contrário, aprender com o vivido e construir um futuro melhor para todos", disse.

a

PAUTA - O encontro de Eduardo com as lideranças estudantis começou com a entrega de uma carta assinada por seis entidades com 15 pontos de reivindicação.

Entre as propostas elencadas, além da inclusão dos estudantes no CMTU, estava o direito à meia passagem para aqueles que utilizam o transporte intermunicipal; gratuidade para cotistas e estudantes do Prouni e o aumento nos créditos do Cartão VEM, que hoje dá direito a 70 passagens por mês.

O estudante de psicologia da Unicap, Luciano de Farias, 25, avaliou positivamente a reunião. “A gente conseguiu abrir um canal direto de diálogo. Com o comprometimento do governador, nós retomamos a imagem que a gente tinha de um governo socialista”.

“Foi uma reunião com um saldo político positivo”. Essa foi a avaliação do presidente da UEP, Thauan Fernandes, 19, estudante de Biomedicina da UFPE. “Saímos daqui com o comprometimento do governador e com a nossa liberdade de expressão assegurada”.

Participaram da reunião com os estudantes os secretários Danilo Cabral (Cidades), Sileno Guedes (Articulação Social e Regional) e Tadeu Alencar (Casa Civil), Além dos deputados Luciano Siqueira (PCdoB) e Pedro Eugênio (PT).

Também estiveram no Palácio presidentes e diretores da União Nacional dos Estudantes (UNE), União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (UMES) e da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE), além de integrantes dos Diretórios Centrais de Estudantes da FIR, UFRPE, Unicap, Faculdade Maurício de Nassau e do campus da UPE de Goiana.



Assuntos: eduardo campos, estudantes, protestos, cmtu, transporte, movimento estudantil
Compartilhe: Link para o post: