meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Lei Seca com ações educativas no Maio Amarelo

    lei seca

    Mais de 35 escolas e faculdades receberão equipe educativa para palestras e aulas 

    A partir deste mês de maio, a Operação Lei Seca em Pernambuco participa da campanha mundial "Maio Amarelo" com diversas ações educativas e de fiscalização na capital e interior do Estado. Uma série de atividades foi elaborada para alertar a população para um trânsito seguro e chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito, em parceria com instituições e municípios. Além de motoristas e motociclistas, estudantes de 35 escolas e faculdades também serão orientados por meio de palestras programadas ao longo de todo o mês.

    As cidades de Limoeiro (9 a 13 de maio), Garanhuns (8 a 13 de maio), Arcoverde (16 a 20 de maio) e Palmares (23 a 25 de maio), além do Recife, recebem equipes da OLS para palestras, oficinas educativas, apresentações, adesivação e panfletagem além de ações em bares e restaurantes. Serão percorridas escolas em Jaboatão dos Guararapes, Recife, Olinda, Igarassu, Carpina, Arcoverde e Garanhuns para distribuição de material educativo e palestras de segurança no trânsito. 

    “O ambiente escolar é favorável para a propagação das normas e regras no trânsito. A informação também chega aos pais dessas crianças, pois são multiplicadores em potencial dentro de casa e na comunidade”, comenta o coordenador da OLS, Luciano Nunes. Segundo ele, a intenção primeira é colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar um comportamento mais seguro e responsável.

    Em abril, a SES divulgou os dados preliminares dos acidentes de transportes terrestres em Pernambuco no ano de 2015. O número de óbitos e de atendimentos às vítimas desse tipo de ocorrência apresentou redução de 12% e 8,2%, respectivamente. Em todo o ano passado, o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) registrou 1.705 mortes no trânsito, 211 casos a menos que em 2014 (total de 1.916). 

    Em relação aos atendimentos das vítimas de acidentes, nas 21 Unidades Sentinelas de Informação sobre Acidentes de Transporte Terrestre (USIATT), foram 42.807 notificações em 2015, contra 46.632 em 2014. Do total de acidentados em 2015, 11,4% relataram o uso de bebida alcoólica pelo condutor (no ano anterior, esse número correspondia 12,4%), outros 59,6% afirmaram que não houve uso e 29% não responderam. No ranking das mortes no trânsito, ainda aparecem os ocupantes de automóveis (18%), pedestres (17%) e ciclistas (3% - 55 mortes). 

    Operação Lei Seca - Um comparativo entre os anos de 2014 e 2015 revela um aumento na ordem de 10 mil abordagens a veículos nas blitze da Operação Lei Seca, com a diminuição das infrações envolvendo o consumo de bebida alcoólica,  nas constatações, crimes e recusas. O número de motoristas parados nos bloqueios saiu de 363.474 em 2014 para 373.508 no ano passado. Em 2014, foram 1.594 constatações, enquanto 2015 registrou 1.308; os crimes foram reduzidos de 308 para 163, enquanto as recusas também diminuíram, das 4.775 para 4.382.
     
    Secretaria Estadual de Saúde - PE
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Balanço da campanha de vacinação contra a influenza

    Vacina1 

    Desde o início da vacinação contra a influenza, no dia 18 de abril, até as 11h desta segunda-feira (02.05), os municípios pernambucanos informaram que já foram imunizadas 749.459 pessoas. A campanha nacional segue até o próximo dia 20.05 e a expectativa é vacinar, no mínimo, 80% do público total, formado por 2.095.962 pessoas. 

    Até o momento, o Ministério da Saúde (MS) encaminhou ao Estado 1.401.780 doses da vacina. A expectativa é que as doses restantes sejam encaminhadas até o final da primeira quinzena deste mês de maio.

    Os públicos prioritários para a vacina, que protege contra os vírus da influenza A H1N1, A H3N2 e B, são: 

    - Crianças de 6 meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias);
    - Gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); 
    - Trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos); 
    - Povos indígenas; 
    - População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
    - Adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas. 

    No caso das pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, é necessário  levar prescrição médica comprovando a situação para que seja feita a imunização. Secretaria Estadual de Saúde - PE

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo destaca valorização do turismo durante Corrida de Jericos, em Panelas

    JericoDurante passagem pelo Agreste Central, o governador prestigiou a 43ª edição do Festival Nacional de Jericos

    PANELAS - A valorização das manifestações culturais pernambucanas como forma de incentivo ao turismo. Foi o que defendeu o governador Paulo Câmara, neste domingo (01.05), em visita ao município de Panelas, no Agreste Central pernambucano. Acompanhado do vice-governador, Raul Henry, o chefe do executivo estadual prestigiou a 43ª edição da tradicional Corrida de Jericos. Todos os anos, o evento reúne milhares de pessoas vindas de diferentes cidades do Nordeste.

    "O turismo em Pernambuco vem se fortalecendo cada vez mais, apesar do momento difícil que estamos passando. E é um compromisso da nossa gestão trabalhar para que esse desenvolvimento aconteça através da geração de emprego e renda para a população", enfatizou Paulo Câmara, completando: "Panelas é um bom exemplo disso. O município promove, há mais de 40 anos, um evento bonito, organizado e muito animado, que atrai cada vez mais pessoas".

    Para Jacyara Rosália, proprietária de um estabelecimento comercial no centro da cidade, o evento, além de disseminar a cultura panelense, impulsiona a movimentação e lucratividade do comércio local. “Todos os anos nos preparamos para atender, da melhor forma, os turistas que vêm para o Festival. A expectativa, para nós, comerciantes, é sempre receber mais gente e conseguir zerar o estoque”, pontuou.

    De acordo com o prefeito Sérgio Miranda, nesta edição, o Festival recebeu cerca de 100 mil visitantes, durante os três dias de programação. “A cidade é pequena, mas recebe um número três vezes maior que a quantidade de habitantes. Isso é motivo de muito orgulho para nós. Procuramos trabalhar para que os turistas saiam daqui satisfeitos e também para que a população em geral se sinta beneficiada, através do estímulo comercial e turístico, resultando em uma melhoria na qualidade de vida de todos”, ressaltou Miranda. Ao todo, 61 competidores participaram da disputa este ano.

    Acompanharam o governador neste evento o secretário estadual de Saúde, Iran Costa; o deputado federal Fernando Monteiro; o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa; entre outras autoridades políticas da região.

    Fotos: Roberto Pereira/Sei

    -- 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chapéu de Palha encerra cadastramento de pescadores artesanais

    Chapéu de Palha da Pesca 

    Mais de sete mil pescadores artesanais e marisqueiros se cadastraram no Chapéu de Palha da Pesca neste ano. As inscrições foram encerradas na última quinta-feira (28) e contemplaram 54 municípios do Litoral, Agreste e Sertão. Com o encerramento dessa etapa, o programa já conta com 16.960 pessoas cadastradas, somando os agricultores da fruticultura irrigada e os pescadores. Em maio, será a vez do cadastramento dos trabalhadores da palha de cana-de-açúcar.

    O secretário de Planejamento e Gestão, pasta que coordena o programa, Danilo Cabral, destaca a importância do Chapéu de Palha nesse momento de crise financeira. “Mesmo com o cenário de restrição fiscal, o governador Paulo Câmara decidiu manter os programas sociais, beneficiando os trabalhadores que não podem exercer suas atividades no período da entressafra”, afirma.

    O município com o maior número de pescadores inscritos foi o de Goiana, na Mata Norte, com mais de 1,8 mil pessoas. Criada em 2011, o Chapéu de Palha da Pesca chega durante o inverno, período em que a pesca artesanal é proibida. Cada pescador cadastrado irá receber um auxílio de quatro parcelas de até R$ 256,52 complementares ao Bolsa Família, além de acesso a cursos de qualificação profissional.

    “O programa é fundamental para manter a nossa dignidade neste período. O auxílio ajuda muito e os cursos oferecidos são ótimos”, disse a marisqueira Eleonora Alves de Santana ao se cadastrar no ponto de atendimento da Colônia de Pescadores Z1 do Pina, em Brasília Teimosa, no Recife.

    O cadastro dos pescadores artesanais foi realizado em duas etapas. Entre os dias 11 e 15 deste mês, atendeu os moradores do Agreste e do Sertão, totalizando 551 inscritos. A segunda etapa, concluída nesta semana foi voltada para os municípios do Litoral. Em janeiro, foram realizadas as inscrições do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada, somando 9.934 agricultores cadastrados.

     

    Foto: Douglas Fagner

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Vacinação contra febre aftosa começa dia 1º de maio

    Febre Aftosa

    Campanha acontece em todo Estado com a expectativa de imunizar 90% do rebanho e manter o status de área livre da doença

    A primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa acontece de 1º a 31 de maio e todo o rebanho de bovinos e bubalinos deve ser imunizado para manter o status de área livre de febre aftosa com vacinação. A  Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), por meio da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado (Adagro), espera vacinar mais de 90% do rebanho pernambucano.

    “Temos uma expectativa de vacinar mais de 1,9 milhões de animais em Pernambuco, que desde 2014 está certificado pela Organização Internacional de Epizootias (OIE) como área livre ", explicou o Secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota. “ Além de imunizar o rebanho, o produtor não deve esquecer de declarar a vacinação nos escritórios da Adagro, pois o inadimplente pagará multa e terá restrições para transitar com seu animal”, completou  a Gerente Geral da Adagro, Erivânia Camelo.

    Na segunda, dia 02, todas as farmácias veterinárias cadastradas estarão comercializando o produto que deve ser adquirido pelos criadores pernambucanos. A vacina só é eficaz se conservada no gelo (temperatura entre 2° e 8°) e deve ser aplicada nas horas mais frias do dia, pela manhã ou no fim da tarde, para evitar o estresse dos animais. O local da aplicação deve estar limpo para evitar contaminação e a agulha deve ser trocada ou higienizada a cada dez aplicações.

    A Campanha é realizada duas vezes por ano, nos meses de maio e novembro, como determina o calendário nacional do Ministério da Agricultura e quase todos os estados da federação realizam vacinação nesse período. Nas duas etapas do ano passado, Pernambuco manteve a média de vacinação em 96%.

    Febre aftosa -  Doença altamente contagiosa, que atinge bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos. O vírus causa febre, ferimentos na boca, garganta e na pele, ao redor dos cascos. Os países afetados pela doença sofrem severas perdas econômicas por causa da diminuição e pela desvalorização de seus produtos de origem animal, assim como por limitações no mercado internacional.

    Peste suína clássica - Aproveitando a  campanha da aftosa, a Adagro fará um recadastramento do rebanho suíno do Estado, uma vez que o Ministério da Agricultura vai fazer um estudo sorológico com o objetivo de transformar o Nordeste em área livre de peste suína clássica. Pernambuco tem cerca de 717 mil suínos e não registra casos da doença há mais de 15 anos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • 54 servidores da Fazenda são empossados

    posse fazenda
    Profissionais aprovados em dois concursos públicos vão reforçar  
    o efetivo da instituição, que não contratava há 20 anos

    O quadro funcional da Secretaria da Fazenda recebeu um reforço de 54 novos servidores. Comandada pelo governador Paulo Câmara, a cerimônia de posse ocorreu no Auditório do Brum, no Centro de Convenções, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Desse total, 50 vão exercer a função de Auditor Fiscal do Tesouro Estadual (AFTE) e os outros quatro atuarão como Julgador Administrativo Tributário (Jatte). Os novos funcionários do Estado foram selecionados em dois concursos públicos (2014 e 2015) realizados pela instituição, que há 20 anos não contratava. Eles se juntam aos demais fazendários com a incumbência de otimizar o funcionamento do sistema tributário pernambucano.

    "Essa contratação é muito importante. Nesse momento, é fundamental dotarmos a Secretaria da Fazenda das condições necessárias para buscar ampliar serviços, focos e metas. Dessa forma, a instituição terá as ferramentas para julgar mais processos e oferecer segurança jurídica ao nosso trabalho", pontuou Paulo. O gestor, que já esteve à frente da pasta, disse ainda que tem ciência do papel estratégico da Fazenda na administração do Estado. "A gente espera de vocês (empossados) um olhar atento, profissional e a busca por aproveitar as oportunidades", completou.

    A necessidade de renovação e de recomposição do corpo técnico da Fazenda pesaram para que o chefe do Executivo estadual convocasse os profissionais neste momento. De 2014 para cá, 58 auditores solicitaram aposentadoria. Atualmente, a pasta conta com 985 servidores do perfil. “Manter os serviços funcionando é a nossa meta”, ressaltou Paulo, reforçando que a população quer ser bem atendida e ter suas questões resolvidas. "Temos que procurar fazer mais com menos, se adequando ao momento e enxugando onde for possível. Temos que fazer a máquina funcionar melhor. Além disso, temos que fortalecer o braço da arrecadação, mas com muita justiça", sublinhou.

    Para o secretário da Fazenda, Márcio Stefanni, a chegada dos 54 novos servidores vai garantir um novo ânimo à instituição. Ele destacou que o ato se deve à determinação de Paulo Câmara em assegurar a contínua melhoria do serviço oferecido à população. "Esse ato só foi possível devido à coragem do nosso governador na busca por um serviço público de qualidade", grifou. Márcio lembrou ainda que a última convocação da pasta aconteceu 1996, no Governo Miguel Arraes. Na época, a secretaria era comandada pelo ex-governador Eduardo Campos. "Eduardo foi um homem que dedicou a sua vida ao serviço público e nós temos que nos espelhar nele", conclamou o secretário.

    Natural de Santa Catarina, o auditor fiscal recém-empossado Deyvid Barbosa pontuou que a nomeação representa a coroação de um grande esforço. "Ainda não caiu a ficha porque foram anos de estudo, uma dedicação muito grande e eu nem acredito que estou aqui. Estou muito esperançoso e feliz com os novos desafios da minha carreira", afirmou o catarinense. Antes de assumir suas funções, todos os empossados passarão por um treinamento, a partir de maio, de 60 dias.

    Acompanharam o governador Paulo Câmara na cerimônia o secretário executivo de Administração Tributária, Oscar Vitor; o secretário executivo do Tesouro Estadual, Edilberto Xavier; o secretário executivo de Coordenação Institucional, Roberto Abreu; o presidente da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás), Décio Padilha; além do corregedor do Tribunal Administrativo Tributário, Nilton Ribeiro; e do presidente do Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco (Sindifisco-PE), Francelino Valença. 

    Fotos: Wagner Ramos/Sei
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Dia D contra a influenza será neste sábado (30/04)

    vacina 

    O dia D da campanha nacional de vacinação contra a influenza será realizado em todo o Brasil neste sábado (30.04). Até o momento, Pernambuco recebeu do Ministério da Saúde (MS) cerca de 1 milhão de doses da vacina. A expectativa é que mais 300 mil doses cheguem ao Estado ainda no sábado.

    Em Pernambuco, até o fim da campanha, em 20 de maio, a meta é imunizar, no mínimo, 80% do público total, formado por 2.095.962 pessoas. Até a manhã desta sexta-feira (29.04), os municípios informaram já ter vacinado 213.544 pessoas.

    A vacina contra a influenza, que protege contra os vírus da influenza A H1N1, A H3N2 e B, é voltada para os grupos prioritários formados por: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas. No caso das pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, é necessário  levar prescrição médica comprovando a situação para que seja feita a imunização. 

    “A proteção da vacina contra a influenza dura cerca de um ano, por isso a necessidade da população inclusa nos grupos prioritários participarem das campanhas anuais. A imunização contribui para prevenção da gripe nos grupos vacinados e isso tem um importante impacto na redução do agravamento dos casos, na redução de internações hospitalares, gastos com medicamentos para tratamento de infecções secundárias e na diminuição dos casos de morte”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (PEI/SES), Ana Catarina de Melo. Ela ainda lembra que crianças que tomarem a vacina pela primeira vez devem receber uma 2º dose 30 dias após a 1º. 

    A imunização é contraindicada para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. Em caso de doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro. 

    A vacinação contra a influenza pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global. Em residentes em lares de idosos, reduz o risco de pneumonia em cerca de 60%, o risco global de hospitalização em cerca de 50% e o de morte em 68%. Ela ainda pode reduzir em 40% os casos de síndrome gripal. 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Prêmio Cepe Nacional de Literatura lança livros vencedores

    Cepe

    A Companhia Editora de Pernambuco lança às 19h da desta quinta-feira (28), no Museu do Estado, os livros vencedores do Prêmio Cepe Nacional de Literatura 2015, concurso literário que está entre os de maior premiação no país. Criado em dezembro passado, em comemoração ao centenário da Imprensa Oficial, esta edição contou com 579 inscritos,  sendo disputado por escritores de quase todos os estados, além de brasileiros residentes em Portugal, Chile, Estados Unidos e Holanda.

    As obras vencedoras são: O grande massacre das vacas, de Sérgio Corrêa de Siqueira, de Minas Gerais (Romance); O amor que não sentimos e outros contos, de Guilherme Azambuja Castro, do Rio Grande do Sul (Contos); Elogio do carvão, de Marcus Vinícius Quiroga, do Rio de Janeiro (Poesia); e E eu, só uma pedra, de Helton Alexandre Pereira, do Ceará (Infantojuvenil). Durante o evento,  os escritores receberão seus prêmios – R$ 20 mil para cada uma das categorias.

    O romance O grande massacre das vacas trata de um tema que revela muito do que se denomina de Brasil profundo: o transigir entre o público e o privado, seja no campo dos negócios, da política ou nas relações de amizade. Por meio de uma narrativa equilibrada, envereda pelo romance histórico, mas sem fazer da ficção uma moldura para um evento da história brasileira. O mineiro Sérgio Corrêa de Siqueira se formou em Engenharia e Direito e mergulhou no mundo das letras ao se aposentar. Publicou os livros Bestiário amoroso, Blue moon e o infantojuvenil Catita foi morar na igreja, uma fábula sobre a dependência digital. Ficou em 2º lugar no Concurso de Contos Paulo Leminski de 2014.

    O amor que não sentimos traz um conjunto de contos que, de maneira geral, tratam sobre as relações familiares e emocionais. Com sensibilidade e escrita limpa e direta, tem personagens construídos com cuidado. Guilherme Azambuja Castro é de Santa Vitória do Palmar (RS). Formado em Direito e doutorando em Escrita Criativa, venceu o 21º Concurso de Contos Luiz Vilela (2011) e foi finalista do Prêmio Sesc de Literatura, com O cheiro triste das bergamotas.

    O livro Elogio do carvão traz poemas que — apesar da influência cabralina — revelam uma marca individual e sustentam uma assinatura, num trato criativo das influências. A poesia é vista não só como atividade intelectual, mas como forma de expressão lírica. Poeta, contista, crítico e ensaísta, Marcus Vinicius Quiroga é membro da Academia Carioca de Letras e do Pen Clube do Brasil. É professor de oficina literária e autor de 18 livros de poesia, todos premiados.

    Com ilustrações do artista gráfico mineiro Cau Gomez, E eu, só uma pedra (infantojuvenil) aposta na invenção, com trato cuidadoso da fantasia e ousadia intelectual. O protagonista — a pedra — é um personagem singular, que foge dos clichês e estereótipos das histórias infantis. O cearense Helton Pereira começou a escrever ainda criança. Seu primeiro livro, A voz que lê para mim, foi selecionado pela Secretaria de Educação do Ceará para o Programa Alfabetização na Idade Certa.

    Os livros serão vendidos no lançamento coletivo. Eles também poderão ser adquiridos nas lojas físicas da Cepe

    (Rua Coelho Leite, 530, Santo Amaro), no Museu Cais do Sertão (Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife) ou através do site. Os preços variam de R$ 30,00 (O grande massacre das vacas; E eu, só uma pedra) e R$ 20,00 (O amor que não sentimos; Elogio do carvão).

    Segunda Edição - Criado para fomentar a cultura em Pernambuco, no Nordeste e no Brasil, o Prêmio Cepe Nacional de Literatura está com inscrições abertas até o dia 15 de junho para sua segunda edição (2016). O edital está disponível no site www.cepe.com.br (área de Licitações). Brasileiros residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados, que poderão inscrever uma obra (inédita) em uma das categorias.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Servidores concursados da Arpe são empossados

    Arpe convocação

    Solenidade no auditório da agência validou a convocação dos primeiros contratados pela instituição, há 10 anos

     
    Dez novos servidores da Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe) foram empossados, nesta quarta-feira (27.04), pelo governador Paulo Câmara. Os profissionais foram aprovados no último concurso público realizado, em 2014, pela instituição e se integram ao seu corpo técnico, com a missão de reforçar o acompanhamento e a regulação dos serviços delegados. Na cerimônia, que ocorreu no auditório da entidade, na Zona Norte do Recife, o chefe do Executivo estadual destacou que o ato simboliza um novo momento para a Arpe, que, atualmente, possui 26 efetivos em seu quadro. Essa contratação é a primeira realizada pela agência desde a sua criação, há 10 anos. 

    "São servidores que têm agora a possibilidade de seguir uma carreira profissional no Estado. É uma tarefa que vai exigir muito esforço, principalmente no momento atual, estudo e modernização em torno do que está acontecendo no mundo", lembrou Paulo. O gestor aproveitou a ocasião para pedir dedicação aos recém-empossados e disse ainda que todo o esforço deles em favor da sociedade será recompensado. "Pernambuco não falta aos que se dedicam a ele", completou.

    Além de fiscalizar contratos e termos de parcerias firmados pelo Governo do Estado com Organizações Sociais (OSs), a Arpe desenvolve atividades de regulação e fiscalização de serviços prestados à população. Na avaliação do diretor-presidente da agência, Ettore Labanca,  as contratações oferecem um novo ânimo à instituição. "Representa um grande esforço do Governo de Pernambuco, diante de todos os desafios econômicos do Brasil", pontuou.

    Tatiana Toraci, que tomou posse no cargo de analista de regulação, salientou o orgulho em fazer parte da primeira turma de concursados da Arpe. "É uma grande responsabilidade. Além disso, tem a minha responsabilidade como cidadã, já que a agência tem exatamente esse papel de fiscalizar os serviços delegados pelo Estado, em prol de uma melhor qualidade dos serviços oferecidos à sociedade", grifou a nova servidora. Ela afirmou ainda que se sente motivada e feliz com a chegada desse novo desafio em sua carreira. "Estou confiante que, junto com a equipe atual, darei a minha contribuição fazendo um belo trabalho", completou.

    O governador Paulo Câmara ressaltou também destacou algumas responsabilidades específicas da agência e seus novos empossados. "A Arpe atua na regulação das passagens de ônibus, no bom funcionamento da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e da Companhia Pernambucana de Gás (Copergás). São tarefas que exigem muita responsabilidade porque interferem diretamente na vida das pessoas e na qualidade dos serviços públicos oferecidos", apontou.

    O concurso realizado em 2014 selecionou 70 candidatos, dos quais 35 foram classificados para o preenchimento das vagas oferecidas pela Arpe. Desse total, dez são da área de Engenharia, cinco da área Jurídica, quatro da área de Contabilidade e 16 da área geral - contemplado diversas graduações nos campos da Administração, Comunicação Social, Engenharia, Ciências Contábeis, Direito, Ciências Econômicas e Tecnologia da Informação. Entre os classificados, há um deficiente auditivo na área de Contabilidade e um com graduação em Administração.

    A homologação deste certame foi feita pelo chefe do Executivo estadual em dezembro de 2015, durante a posse do Conselho Consultivo da Agência. Com isso, os outros 25 aprovados podem ser convocados até dezembro de 2017. Mas é importante considerar que novas contratações dependem da aprovação da Arpe e da secretaria de Administração. Participaram deste ato ainda dois conselheiros da entidade, Marcelo Canuto e Maria Cristina, e o deputado estadual Vinícius Labanca. 

    Fotos: Aluísio Moreira/SEI

    -- 

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo defende trabalho integrado no combate à violência

    199 anos da PM
    Governador destacou a importância da união das instituições durante evento em comemoração aos 199 anos da Polícia Civil, nesta quinta-feira
     
    A integração entre as diferentes instituições que atuam no combate à violências foi destacada, nesta quinta-feira (28.04), pelo governador Paulo Câmara, como essencial para a consolidação de uma cultura de paz em Pernambuco. Durante cerimônia em comemoração pelos 199 anos da Polícia Civil, no Teatro de Santa Isabel, no Recife, o chefe do Executivo estadual lembrou que essa união tem registrado bons frutos desde o lançamento do programa Pacto Pela Vida, em 2007, no primeiro Governo de Eduardo Campos. Na ocasião, o gestor comandou a entrega das Medalhas de Honra ao Mérito Policial – classe Ouro a pernambucanos que se destacam na promoção da segurança pública.
     
    “Nós sabemos do trabalho difícil que é fazer segurança pública no nosso Estado. Temos noção dos desafios, mas temos também que continuar trabalhando com perseverança, em busca de promover em Pernambuco a cultura da paz, da redução do número de homicídios, assaltos e furtos. E, para isso, a gente precisa de um sistema estruturado, um sistema que funcione, que tenha toda uma política trabalhada por trás”, apontou Paulo, destacando a preocupação da gestão estadual em investir na segurança pública por meio, também, da valorização do servidor.

    Câmara reafirmou ainda o compromisso do Governo de Pernambuco de trabalhar por um Estado mais seguro e mais próspero. “A entrega dessas medalhas, hoje, significa o reconhecimento do trabalho feito. Do trabalho bem feito por cada um de vocês. Sabemos que os desafios são enormes, mas a gente conta com o apoio e dedicação desse conjunto de profissionais. A população conta com isso. O crime organizado precisa ser combatido, e nós temos feito tudo o que é possível para derrubar os índices de violência e vamos continuar fazendo. Pernambuco merece isso”, completou.
     
    CELEBRAÇÃO – Compondo a programação festiva dos 199 anos da Polícia Civil de Pernambuco, a entrega das Medalhas de Honra ao Mérito Policial – classe Ouro, condecorou um total de 200 personalidades, entre elas: autoridades políticas, da sociedade civil, oficiais civis, militares, bombeiros e polícia cientifica.  
     
    Acompanharam Paulo Câmara na cerimônia os secretários estaduais Alessandro Carvalho (Defesa Social), João Campos (chefe do Gabinete do Governador), Ruy Bezerra (Controladoria Geral do Estado), Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Silvia Cordeiro (Mulher), José Neto (Assessoria Especial), e coronel Eduardo Pereira (Casa Militar); os deputados federais Tadeu Alencar e Raul Jungmann; e os deputados estaduais Antônio Moraes e Eduino Brito.
     
    A solenidade ainda contou com as presenças do comandante Militar do Nordeste,  general de Exército Manoel Pafiadache; o delegado Antônio Barros, chefe da Polícia Civil; coronel D'Albuquerque, comandante geral da Polícia Militar; o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos Alves; o cônsul geral da França no Recife, Bruno Bisson; e o cônsul geral dos Estados Unidos no Recife, Richard Reiter.



    Fotos: Roberto Pereira/SEI
     
     
    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: