meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Secretaria de Saúde atua nas áreas atingidas pelas chuvas

    | Saúde


    Além de monitoramento e apoio das equipes técnicas, SES está encaminhando insumos para as secretarias municipais de Saúde. Hospital de Campanha também será montado na Mata Sul

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES) também está mobilizada para prestar apoio aos municípios atingidos pelas fortes chuvas das últimas 48 horas na Zona da Mata Sul e Agreste do Estado. Na manhã desta segunda-feira (29.05), equipes de vigilância, assistência e regulação em saúde, além de engenharia, foram deslocadas para as regiões com o intuito de realizar o levantamento das principais necessidades relacionadas à área. Os profissionais estão avaliando a situação dos equipamentos de saúde dos municípios, incluindo infraestrutura, equipamentos e insumos. A iniciativa se enquadra no trabalho estabelecido pelo governador Paulo Câmara, que instalou o Gabinete de Crise, unificando o trabalho do Governo do Estado no enfrentamento às fortes chuvas que caíram no último final de semana.

    As primeiras equipes que seguiram para a Região já foram abastecidas com insumos para diabéticos, como glicosimetros e tiras para medição, além de frascos de hipoclorito de sódio para purificação da água para consumo. Além disso, também foram enviados uma série de materiais médico-hospitalares, como soro fisiológico e glicosado, estetoscópios, tensiometros, luvas, micronebulizadores, ataduras, absorvente hospitalar, gazes, álcool, esparadrapo e fraldas geriátricas.

    Reconstruído após as fortes enchentes que atingiram a área, no ano de 2010, o Hospital Regional Sílvio Magalhães, localizado em Palmares, não foi afetado pelas últimas chuvas. No entanto, devido às dificuldades de acesso à região, a Secretaria Estadual de Saúde precisou colocar em prática um plano logístico para garantir a chegada dos novos plantonistas à unidade. No grupo, seguiram cirurgião, pediatra, intensivista, enfermeiros e roupeiros, com o intuito de manter o Hospital em pleno funcionamento.

    ÁGUA//OUTROS INSUMOS

    Com as enchentes que atingiram alguns municípios da Zona da Mata Sul e Agreste, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) alerta a população sobre o consumo de água. Se o insumo estiver contaminado, há o perigo da transmissão das hepatites A e E, febre tifóide e cólera, além das doenças diarréicas agudas. Alguns cuidados simples podem ser dispensados para evitar esses problemas de saúde pública.

    A principal maneira de tratar a água é utilizar o hipoclorito de sódio a 2,5%. Para auxiliar os municípios, a SES iniciou a distribuição de mais de 180 mil frascos de hipoclorito para as secretarias municipais de Saúde das cidades atingidas. A cada litro de água, devem ser colocadas duas gotas do produto. Para 20 litros (garrafão), são 2 ml ou uma colher de chá. No caso de caixa d’água de 500 ou 1 mil litros, 1 ou 2 copinhos de café, respectivamente. Em todos os casos, é preciso, após a aplicação do insumo, esperar 30 minutos para consumir a água.

    LEPTOSPIROSE

    O contato da pele ou dos olhos com água ou lama contaminada também pode provocar a leptospirose, doença transmitida pela urina de animais portadores de leptospira, principalmente ratos. Havendo contato, a indicação é lavar bem a área do corpo com água limpa e sabão.

    Também é importante ficar atento aos sintomas da doença: febre, dor de cabeça, dor muscular (principalmente nas pernas, na área das panturrilhas). Os sintomas podem aparecer até 30 dias após o contato com a água ou lama. Também podem ocorrer vômitos, diarréia e tosse. Nas formas graves, pode aparecer icterícia (pele olhos amarelos), sangramento e alterações urinárias. Surgindo algum sintoma, é indispensável procurar o serviço de saúde mais próximo de casa.

    O hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) mata as leptospiras e deve ser usado para desinfetar reservatórios de água. Pessoas que trabalham na limpeza de lama, entulho e esgoto devem usar botas e luvas de borracha para evitar o contato da pele com água e lama contaminadas. A Defesa Civil do Estado está distribuindo kits de EPIs nas cidades afetadas.

    VACINAÇÃO

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES) está em alerta para auxiliar os municípios com o envio de vacinas contradifteria e tétano (dT), hepatite B e antitetânica, além de soro contra mordida de cobra e animais peçonhentos. O Programa Estadual de Imunização está avaliando com as cidades se é preciso encaminhar doses de outras vacinas de rotina.

    HOSPITAL DE CAMPANHA

    Para reforçar a assistência na Mata Sul, já que muitos serviços municipais foram atingidos pelas enchentes, o Governo de Pernambuco, em parceria com o Exército, irá montar um Hospital de Campanha no município Rio Formoso. O espaço terá sala de triagem; sala de nebulização; sala vermelha; posto de enfermagem e leitos de observação. O serviço contará com equipe multiprofissional da Secretaria Estadual de Saúde, Exército e SAMU. O local onde será instalada a estrutura está sendo definido pela secretaria de Saúde do município.

    APOIO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

    A Secretaria Estadual de Saúde também já solicitou ao Ministério da Saúde o envio de Força Tarefa de Saúde para prestar o apoio às regiões afetadas, kits enchente para atender aos desalojados e desabrigados, além de seringas, vacinas contra difteria e tétano e soro antiofídico. 

    DOAÇÕES

    A Secretaria Estadual de Saúde também está montando pontos de arrecadação de alimentos não perecíveis, kits de higiene pessoal, roupas, colchões e qualquer material que possa ser útil na ajuda a pessoas atingidas pelas recentes chuvas na Zona da Mata Sul e Agreste pernambucanos.

    Além da sede do órgão, localizado na Rua Dona Maria Augusta Nogueira, 519, no bairro do Bongi, na zona Oeste do Recife, as doações podem ser feitas na I Gerência Regional de Saúde (Geres), unidade administrativa da SES localizado na Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Boa Vista, área central da capital. Os dois locais estão recebendo os mantimentos das 8h às 17h.

    Os itens serão distribuídos aos municípios com maior necessidade e mais comprometidos pelas enchentes que ocorreram nos últimos dias. Informações ou dúvidas nos telefones 81 3184.0014 (SES), ou 81 3181.6444/3181.6445 (I Geres).

    Lei Seca – A partir da noite desta segunda-feira (29.05), as blitze da Operação Lei Seca em todo o Estado também passarão a receber as doações para ajudar as vítimas da Mata Sul e Agreste. 

    Assuntos: saude, hospital de campanha, paulo camara, governo de pernambuco,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Paulo Câmara visita cidades atingidas pelas chuvas e acelera medidas de assistência do Estado

    Palmares

    Governador conversou com a população e prefeitos de Palmares, Belém de Maria e Barreiros e comandou ações para o enfrentamento da situação
     
    PALMARES - Para acompanhar de perto a situação das cidades da Mata Sul mais afetadas pelas fortes chuvas dos últimos dias, o governador Paulo Câmara visitou, nesta segunda-feira (29.05), os municípios de Barreiros, Belém de Maria e Palmares, onde conversou com a população e com os prefeitos para conhecer as demandas prioritárias de cada localidade. Nos três municípios - assim como os demais onze que estão em estado Calamidade – estão sendo instalados Gabinetes de Crise, unificando o trabalho do Governo do Estado no enfrentamento às fortes chuvas que caíram no ultimo final de semana.

    “A gente precisa estar em alerta máximo. Temos 14 escritórios disponibilizados nos municípios em estado de Calamidade, então, vai ter gente sempre de prontidão da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, Saúde, Assistência Social e Habitação. Nesse momento, o que nós queremos e temos que fazer de imediato é reestabelecer os serviços de água e energia, e ajudar na limpeza das cidades e na remoção dos entulhos”, frisou Paulo Câmara.

    Palmares1
     
    O governador ressaltou ainda que as parcerias com os municípios também estão sendo reforçadas para oferecer toda a assistência necessária à população prejudicada. “Estamos reforçando a questão humanitária. Está sendo enviado aos municípios um conjunto assistencial com colchões, água e alimentos de pronto consumo, medicamentos e tudo o que for necessário para minimizar os transtornos causados pelas enchentes”, salientou, completando: “Eu vi a situação complicada dos municípios. Vi a destruição, principalmente nas localidades mais próximas do rio. E o nosso esforço precisa ser redobrado a partir de agora”.
     
    O prefeito de Palmares, Altair Junior, explicou sobre os trabalhos desenvolvidos no município. "Desde ontem, nós estamos com equipes da Defesa Civil acompanhando a situação, tirando as pessoas das áreas de risco, que são as partes mais baixas da cidade - os bairros Santo Onofre, Pedreiras e Cohab I -, além do centro comercial. Hoje, começamos a operação limpeza, e vamos continuar trabalhando", detalhou. 

    O gestor municipal ressaltou ainda que toda a equipe está empenhada em oferecer  a assistência necessária  aos desabrigados. "Temos várias pessoas abrigadas em escolas locais, recebendo alimentação, colchão e assistência médica. A nossa maior dificuldade, nesse momento, é chegar nas áreas rurais, fazendo esse levantamento para saber quantas pessoas da Zona Rural estão precisando de abrigo", disse.
     
    Até momento, o Governo de Pernambuco contabiliza dois óbitos, 2.279 desabrigados (abrigados em prédios públicos), e 33.625 (desalojados, abrigados em residências de parentes e amigos), após os dois de chuvas intensas na Mata Sul e parte do Agreste.
     
    Acompanharam o governador Paulo Câmara nas visitas desta segunda-feira o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; os secretários estaduais Nilton Mota (Agricultura e Reforma Agrária), Iran Costa (Saúde), Frederico Amâncio (Educação), o chefe da Casa Militar, coronel Eduardo Pereira; o presidente da Compesa, Roberto Tavares; o deputado federal João Fernando Coutinho; o deputado estadual Clodoaldo Magalhães; e secretário executivo de Recursos Hídricos, coronel Mário Cavalcanti. 

    Palmares


    Fotos: Aluisio Moreira/SEI

    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, palmares, belem de maria, bezerros, mata sul, gabinetes de crise,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chuvas provocam danos em sistemas de abastecimento e aumentam níveis das barragens em Garanhuns

     

    O município de Garanhuns, distante 260 Km do Recife, está com o abastecimento suspenso  desde ontem, consequência do grande volume de chuvas registrados nos últimos três dias na região. O Sistema Cajueiro, responsável por 60% da cidade, está sem funcionar em virtude do rompimento de um trecho da adutora pertencente a essa unidade operacional. A expectativa é que o sistema volte a operar na próxima quarta-feira (31), porque ainda há muita dificuldade no deslocamento dos técnicos para realizar os serviços de reparos. Outro sistema de abastecimento de Garanhuns, o Sistema  Inhumas, está inoperante em virtude de problemas elétricos, também provocados pelas chuvas. Já o terceiro sistema do município, o Mundaú, não está operando porque atua de forma integrada aos demais.

    Segundo o gerente da Unidade de Negócios da Compesa, Igor Galindo, a expectativa é que o Sistema Inhumas volte a funcionar ainda hoje, quando será possível retomar a distribuição de água na cidade. Em virtude dessas intercorrências, haverá um atraso de dois dias no calendário vigente, ou seja, a área 2, que seria abastecida nos dias 28, 29 e 30, passará para os dias 30, 31 e 01/06. Já a área 3 receberá agua nos dias 02, 03 e 04/06.

    As chuvas não trouxeram apenas transtornos para a cidade de Garanhuns. Todas as três barragens conseguiram acumular um bom volume de água. A Barragens de Mundaú, que tem a capacidade de acumular 1,2 milhão de metros cúbicos de água está hoje com  83% do total, o que representa um volume de 998,74 m3. Esse reservatório estava 40% há três dias. A Barragem de Inhumas está hoje com 4,2 milhões de metros cúbicos, de um total de 6,9 milhões de metros cúbicos, que representa  62% da sua capacidade. Já a Barragem de Cajueiro está com 6,6 milhões de metros cúbicos, ou seja, 53% da sua capacidade total que é de 14,4 milhões de metros cúbicos. Apesar dos resultados extremamente positivos, a Compesa irá aguardar o mês de junho para estudar a possibilidade de alteração do calendário de abastecimento de Garanhuns, que  hoje obedece ao regime de 3 dias com água e 6 sem, chegando em alguns locais a ficar até 8 dias sem água.  “Precisamos ser cautelosos e esperar a evolução da  chuvas para promover qualquer redução no rodizio da cidade. Precisamos ter  segurança  hídrica  para enfrentar o próximo verão sem dificuldades após seis anos de seca intensa”, argumentou Igor Galindo.

     A questão da suspensão do abastecimento em Garanhuns e a questão das barragens que abastecem a cidade foi um dos assuntos discutidos durante a reunião do Gabinete de Crise, que aconteceu ontem (28), com o objetivo de definir as medidas do Governo do Estado para enfrentamento às fortes chuvas que caem em Pernambuco desde o dia 27.

     

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Serviços de reparo do Sistema Pirapama devem ser concluídos até às 21h desta segunda-feira (29)

     Pirapama

    As chuvas que caíram até hoje (29) de manhã prejudicaram o andamento dos serviços de conserto dos cabos elétricos especiais que alimentam os motores das bombas do Sistema Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho. Por este motivo, a manutenção emergencial, que estava prevista para ser concluída nesta segunda-feira às 14h, precisará de mais tempo para ser finalizada.

    A previsão é encerrar os serviços por volta das 21 horas. Uma equipe de 30 técnicos da Compesa se revezou em turnos de 12 horas para não parar os trabalhos de substituição de um quilômetro de cabos que foi danificado por um curto-circuito ocorrido no último sábado (27), após uma queda de energia. O abastecimento de água para as áreas afetadas com a paralisação de Pirapama será regularizado a partir da meia-noite (24h) de hoje.

    Na região Sul da Região Metropolitana do Recife, a distribuição de água será normalizada nos bairros do Ibura (Alto e baixo), Vila do Sesi, UR´s I, II, III, IV, Zumbi do Pacheco, 2 e 3 Carneiros, Monte Verde, Lagoa Encantada, Vila das Aeromoças, Vila dos Milagres, Pantanal e Adjacências, Setúbal, Boa Viagem, Pina, Brasília Teimosa, Imbiribeira, Ipsep, Lagoa do Araçá, Chico City, Vila da Sudene, Jordão (Alto e Baixo), Jardim Jordão, Sítio Histórico dos Guararapes.

    O abastecimento também será retomado para os bairros da região norte da RMR: Iputinga, Cidade Universitária, Várzea, Cordeiro, Caxangá, Dois Irmãos, Jardim Petrópolis, Conjunto Residencial Marcos Freire, Vila felicidade, Loteamento Novo Horizonte, Loteamento Nova Caxangá, Monsenhor Fabrício, Detran, São Brás, Apipucos, Alto Santo Izabel, Alto do Mandu, Poço da Panela, Casa Forte, Monteiro, (Parte baixa de Casa Amarela), Tamarineira, Parnamirim, Jaqueira.

    Nas áreas onde houver rodízio, o fornecimento de água será realizado de acordo com o calendário. A Compesa já retomou o abastecimento para população do Cabo de Santo Agostinho por meio do Sistema Gurjaú. Desde que houve o curto-circuito dos cabos elétricos especiais, a companhia dedica esforços para restaurar o funcionamento do sistema de bombeamento de Pirapama. Por não trabalhar com esse tipo de insumo nas suas atividades cotidianas, a Compesa teve dificuldades para conseguir os cabos elétricos especiais e pediu o apoio da Celpe, que cedeu os materiais para substituição no sistema - a título de empréstimo, a companhia vai adquirir os cabos para ressarcir à empresa de energia. Outro problema enfrentado pelos técnicos foi o alagamento das canaletas onde ficam instalados os caminhamentos dos cabos elétricos, pois estão localizadas na área externa (e sem cobertura) de Pirapama.

    A Compesa estima que teve um custo de R$ 400 mil para restabelecer a operação do Sistema Pirapama - valor que já inclui os materiais que serão ressarcidos à Celpe. A paralisação de Pirapama foi um dos assuntos discutidos durante a reunião do Gabinete de Crise, que aconteceu ontem (28), com o objetivo de definir as medidas do Governo do Estado para enfrentamento às fortes chuvas que caem em Pernambuco desde o dia 27.

     
     
    Cidades: Jaboatão dos Guararapes , Olinda, Recife
    Assuntos: sdec, compesa, sistema pirapama, abastecimento dagua, reparos,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sefaz-PE se mobiliza para ajudar as vítimas das enchentes

    | Social

     

    Os servidores da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz-PE) estão engajados na campanha de apoio às vítimas das enchentes da Mata Sul do Estado. Com a quantia arrecadada hoje já foram adquiridos 300 colchões que serão entregues nos locais mais atingidos pelas águas. Além disso, uma equipe de voluntários da instituição está se deslocando para a região afetada com o objetivo de ajudar na coleta e distribuição das doações arrecadadas.  

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pontos de arrecadação de suprimentos para as vitimas das chuvas na Mata Sul do Estado

    | Social

     

    As fortes chuvas que atingiram a Zona da Mata Sul e o Agreste de Pernambuco no último final de semana deixaram mais de 35 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas. Em solidariedade à população vítima das enchentes, o Governo de Pernambuco está arrecadando donativos em diversos pontos da Região Metropolitana do Recife (RMR) e do Interior para levar aos 14 municípios atingidos: Belém de Maria, Palmares, Amaraji, Maraial, Ribeirão, Cortês, Barra de Guabiraba, Gameleira, São Benedito do Sul, Rio Formoso, Catende, Água Preta, Jaqueira e Barreiros.

    O atendimento humanitário pode ser feito através de doações de:
    • água,
    • alimentos não perecíveis e de pronto consumo,
    • colchões,
    • lençois,
    • travesseiros,
    • fronhas
    • agasalhos
    • lonas plásticas,
    • além de produtos de higiene e de limpeza.
    A iniciativa se enquadra no trabalho estabelecido pelo governador Paulo Câmara, que instalou o Gabinete de Crise, unificando o trabalho do Governo do Estado no enfrentamento às fortes chuvas que caíram no último final de semana."

    Entre os pontos de arrecadação estão o Quartel dos Bombeiros e da Polícia Militar, no Derby, Terminais Rodoviários de dez cidades, a sede do Detran, na Iputinga, e o Galpão do Ceasa.


    Postos de arrecadação: 

    QUARTÉIS DOS BOMBEIROS:

    QUARTEL DO COMANDO GERAL
    Av. João de Barros, 399 – Boa Vista – Recife.

    GRUPAMENTO DE BOMBEIROS DE SALVAMENTO
    Av. Ingo Hering, s/n - Distrito Industrial - Abreu e Lima.

    GRUPAMENTO DE BOMBEIROS DE ATENDIMENTO PRÉ-HOSPITALAR
    Av. Presidente Kennedy, 145, Santa Tereza, Olinda.

    GRUPAMENTO DE BOMBEIROS DE INCÊNDIO
    Rua Arão Lins de Andrade, 1043 - Prazeres – Jab. dos Guararapes.

    GRUPAMENTO DE BOMBEIROS MARÍTMO
    Av. Beira Mar, 604 A - Piedade – Jab. dos Guararapes.

    1º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS
    PE 45, KM 2 – Bairro Lídia Queiroz – Vitória de Santo Antão.

    2º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS
    Rua Cel Fernando Pontes Filho, 226 - Agamenon Magalhães – Caruaru.

    3º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS
    Av. Vicente Inácio de Oliveira, s/n, BR 232, Km 415, São Sebastião, Serra Talhada.

    5º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS
    Rodovia BR 116, KM 26, s/n, Nossa Srª. Aparecida, Salgueiro

    6º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS
    Avenida Júlio Brasileiro com a Rua Pedro Rocha, s/n, Centro, Garanhuns

    PMPE
    Quartel do Derby e demais quartéis da Polícia Militar

    TERMINAIS RODOVIÁRIOS:

    Gravatá
    Endereço: Av. Cícero Batista de Oliveira, S/N, BR-232.

    Araripina
    Endereço: R. Dionísio de Deus Lima, S/N.

    Arcoverde
    Endereço: Av. José Bonifácio, 300, São Cristóvão.

    Caruaru
    Endereço: Av. José Pinheiro dos Santos, S/N, Pinheirópolis.

    Garanhuns
    Endereço: Av. Pedro Rocha, S/N, Heliópolis.

    Limoeiro
    Endereço: Praça Othon Bezerra de Melo, S/N, Centro.

    Salgueiro
    Endereço: R. João Vera de Siqueira, S/N.

    Serra Talhada
    Endereço: R. Monsenhor Pinto Campos, S/N.

    Petrolina
    Endereço: Av. Nilo Coelho, 30, Jercino Coelho.

    CPRH

    Agência Estadual de Meio Ambiente
    Rua Santana, 367, Casa Forte, Recife
    Pontos de arrecadação de doação na CPRH: na recepção e próximo aos quadros de avisos (Ponto de entrada da agência)

    ITERPE
    Avenida Caxangá, 2200, Cordeiro, Recife

    LOJAS ASSAÍ:

    IMBIRIBEIRA
    Av. Mar. Mascarenhas de Morais, 2180

    JABOATÃO
    Av Barreto de Menezes, 434

    CAMARAGIBE
    Av. Dr. Belminio Correia, 681

    PAULISTA
    Rodovia BR 101, Arthur Lundrgren

    SEDE DO DETRAN - PE

    Rua Estrada do Barbalho, nº 889, Iputinga, Recife e nas circunscrições Regional de Trânsito (CIRETRANS)

    • Sedes da Secretaria das Cidades e do Detran/PE - Estrada do Barbalho, 889, bairro Iputinga; 

    • lojas do Detran/PE nos shoppings Recife, Tacaruna, Guararapes, Costa Dourada e Plaza;

    • TIP e terminais integrados de Xambá, PE-15, Aeroporto, Abreu e Lima, Rio Doce, Pelópidas, Barro, Macaxeira, Cajueiro Seco, Camaragibe, Tancredo Neves e Joana Bezerra.

    Interior 

    • Araripina – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Arcoverde – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Caruaru – Loja do Detran/PE no Shopping Difusora e Caruaru Shopping, Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Garanhuns – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Gravatá - Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Limoeiro – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Petrolina – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Salgueiro – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Serra Talhada – Ciretran e Terminal Rodoviário;
    • Vitória de Santo Antão – Loja do Detran/PE no Vitória Park Shopping.

    Horário de arrecadação 

    • Sede do Detran/PE e nas Ciretrans – das 8h às 13h;
    • Terminais Integrados na RMR – das 7h às 19h ;
    • Terminais rodoviários – das 7h às 20h.

     

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Parceria com Aché reforça Pernambuco como um hub de distribuição para o Norte e o Nordeste

    | Economia, Saúde
    Aché

    Durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas, na última sexta-feira (26.05), o governador Paulo Câmara concretizou a compra e venda do terreno onde serão construídos empreendimentos do Grupo

     
    Cinco meses após o governador Paulo Câmara e o presidente do Aché Laboratórios, Paulo Nigro, firmarem acordo assegurando a implantação de uma planta industrial e de uma Central de Distribuição (CD) no Complexo de Suape, o chefe do Executivo estadual e representantes da empresa assinaram, nesta sexta-feira (26.05), no Palácio do Campo das Princesas, o contrato de compra e venda do terreno de 25 hectares onde serão construídos os empreendimentos. A parceria é mais uma iniciativa que reforça a atuação de Pernambuco como um hub de distribuição para o Norte e o Nordeste.
     
    “Esse é mais um passo para consolidar Pernambuco como um hub de distribuição das regiões Norte e Nordeste. Será um pólo diferenciado e sabemos que, a partir da instalação dessa fábrica, a cadeia de remédios começará a ter um olhar diferenciado para o Estado, e atrairemos mais investimentos”, afirmou o governador Paulo Câmara, destacando que Pernambuco se consolidará também como um polo farmacêutico. Com um investimento inicial de R$ 500 milhões, a Indústria do Aché vai gerar 500 postos de trabalhos diretos e outros 2,5 mil indiretos.
     
    O governador também comentou sobre a força de atração de investimentos demonstrada por Pernambuco, devido, entre outras coisas, à clareza das regras estaduais e a transparência observada nas negociações tocadas pela administração estadual. "Consolidações como essa só acontecem em virtude do cumprimento dos papeis de cada um. Ninguém realiza um investimento como esse se não tem a confiança no parceiro, e Pernambuco recebe um empreendimento privado em um momento de pouca atração de investimentos em outros Estados”, grifou. O investimento realizado pelo Grupo Aché em Pernambuco foi o maior anunciado pelo setor privado no ano passado em todo o País.
     
    Paulo revelou que, assim que acabar o período de chuvas, as obras para a implantação dos empreendimentos do Aché começarão. “Entre o final de 2018 e o começo de 2019, já teremos uma fábrica pronta, empregando pernambucanos e sendo referência em medicamentos”, concluiu.
     
    O diretor de operações do Aché Laboratórios,  Adriano Alvim, elencou os critérios pelos quais Pernambuco foi escolhido para ser sede do grupo no Nordeste. “Além de as regiões Norte e Nordeste serem as que mais crescem no Brasil no segmento farmacêutico, escolhemos devido à infraestrutura, à oferta de profissionais altamente qualificados, às universidades e escolas técnicas”, avaliou. 

    EXPORTAÇÃO - Alvim destacou a localização estratégica do Porto de Suape como um diferencial para o planejamento do Aché. “Especificamente, vamos construir a nossa fábrica no Complexo de Suape porque essa fábrica será a nossa plataforma para crescimento para o Norte e Nordeste, mas, também, para a exportação. É aí que entra a importância do Porto de Suape e de toda a infraestrutura logística”, completou.

    A expectativa é de que a nova unidade, quando estiver em plena operação, em 2021, aumente a capacidade produtiva do Aché em cerca de 50%.  A nova planta - primeira em solo nordestino - será um importante reforço para o polo Farmacoquímico do Estado, que já conta com 11 empresas. O Aché é uma empresa 100% brasileira com 50 anos de atuação no mercado farmacêutico. Hoje, o grupo paulista, que emprega 4,5 mil pessoas, conta com quatro complexos industriais: em Guarulhos (SP), São Paulo (SP), Londrina (PR) e Anápolis (GO).
     
    Também estiveram presentes na cerimônia de assinatura o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; o secretário Felipe Carreras (Turismo, Esportes e Lazer); o Chefe das Assessorias Especiais, José Neto; o secretário-executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; o presidente e o vice-presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Marcos Baptista e Marcelo Bruto, respectivamente.

    Fotos: Wagner Ramos/SEI
    Cidades: Cabo de Santo Agostinho
    Assuntos: paulo camara, governo de pernambuco, aché, suape, polo farmacoquimico, laboratorios aché,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Alunos da UFPE estimulam adolescentes da Funase a construir seu projeto de vida

    | Educação, Juventude, Direitos Humanos

     UFPE

    Atividade faz parte do curso de Terapia Ocupacional e é uma forma de aproximar a academia e de mudar a visão de futuro dos ​socioeducandos.

    Adolescentes do Centro de Internação Provisória (Cenip) Recife são chamados a pensar e projetar o futuro. A atividade vem sendo desenvolvida por uma equipe do curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O objetivo é estimular os socioeducandos a refletir, a expor seus pensamentos, dificuldades, impressões, e assim, dentro de suas necessidades, passarem a ser capazes de mudar a forma de se ver, de ver sua comunidade e de ver o mundo.

    Para isso, são trabalhados temas de grande relevância para os socioeducandos, como a prevenção ao uso de drogas, a construção do protagonismo e a sexualidade. Segundo a professora Adriana Jucá, esse trabalho estimula a vivência de diversos processos de formação e traz para dentro da academia uma discussão sobre vulnerabilidade social.

    “Muitas vezes se discute a parte teórica e a prática fica afastada do aluno. Essa atividade é muito produtiva para as nossas alunas, que tinham alguns conceitos preestabelecidos e passam agora a trabalhar com os adolescentes de forma humanizada, esquecendo que eles cometeram infrações. Tratando-os como jovens iguais a elas”, refletiu Adriana Jucá.

    Para a coordenadora geral do Cenip, Anny Munyque, dar essa oportunidade para os adolescentes que ainda aguardam a decisão da justiça sobre o seu futuro tem um significado ainda maior. “Faz com que eles possam valorizar mais esse momento de transição que vivem e a se esforçar para voltar ao rumo certo. A expectativa é a de que essa parceria se solidifique e que sejamos um canal para chegar ainda mais perto dos adolescentes e assim ajudá-los”, destacou.

    Cidades: Recife
    Assuntos: funase, sdscj, terapia ocupacional, ufpe, socioeducando, cenip,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Da ciência jovem para o mundo

    | Educação, Juventude, Tecnologia

    Espaço Ciencia

    Turma de São Vicente Férrer é premiada no México e credenciada para Feiras em Porto Rico e Argentina

    O grupo do Educandário Tércio Correia, de São Vicente Férrer, foi premiado no Encuentro Internacional de Ciencia, Tecnología e Innovación, realizado no México de quinta a sábado (24 a 27 de maio).

    No ano passado, eles foram vice-campeões na 22ª Ciência Jovem, Categoria Iniciação à Pesquisa, e ganharam a credencial para participar da Feira mexicana. Únicos representantes brasileiros no México, dentre sete países latino-americanos, eles seguem no ano que vem  para outras duas Feiras Internacionais: em Porto Rico e na Argentina.

    O PROJETO - O professor Flávio Cavalcanti e os alunos Jessé Alves e Heitor Costa representam um grupo de treze alunos do 5º ano Fundamental que, durante dois anos, criou, manteve e cuidou de uma horta escolar. Além disso, os produtos colhidos entraram no cardápio da escola e embasaram um trabalho de reeducação alimentar.

    Espaço Ciencia

    Na primeira etapa, o projeto, sob a supervisão do professor Flávio, envolveu a preparação do terreno, mobilização das turmas, plantação e manutenção da horta.  Cada problema surgido envolvia pesquisas para a busca de soluções. Foi o caso do ataque de formigas: “pesquisamos e utilizamos dois inseticidas naturais. Aplicamos fumo e borra de café nas laterais e borrifamos as folhas com arruda”, diz o professor.

    Já para resolver o problema do solo seco, os estudantes fizeram uma composteira: “Usamos fezes de animais, cascas de frutas e folhas secas”, explica Jessé. Sementes e mudas vinham da contribuição dos alunos que moravam nas áreas rurais: coentro, cebolinha, batata, chuchu, cenoura e árvores frutíferas.

    Os produtos da horta passaram a ser inseridos no cardápio da cantina da escola e motivaram uma segunda etapa do Projeto: a reeducação alimentar. 

    Para apresentar no México, o grupo introduziu no projeto uma variação: como São Vicente Ferrer é a terra da banana, os alunos fizeram oficinas de culinária e de artesanato à base do produto.


     
    Assuntos: Sectec, espaço ciencia, educandario tercio correia, sao vicente ferrer, encuentro internacional de ciencia,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governador vai sugerir ao presidente criação do "Cartão Reforma Emergência"

    | Administração

    Comitê de Crise

    Proposta de Paulo visa ajudar pessoas que foram atingidas pelas chuvas do final de semana

    O governador Paulo Câmara reuniu novamente hoje (29/05) pela manhã os integrantes do Gabinete de Crise, criado ontem para unificar as medidas do Governo do Estado no atendimentos aos municípios atingidos pelas fortes chuvas do final de semana. Durante a reunião, Paulo definiu uma sugestão que encaminhará ao presidente Michel Temer: a criação do "Cartão Reforma Emergencial" para atendimento da população vítima de enchentes como as que ocorreram em Pernambuco.

    "Diferente de 2010, agora não houve a destruição de casas, por causa de todo o trabalho que fizemos com a Barragem de Serro Azul, a dragagem de rios e relocação de prédios públicos e residências. Mas houve a destruição do que estava dentro das casas, como móveis e eletrodomésticos. Será muito importante se a gente conseguir ajustar a legislação do Cartão Reforma para incluir também as vítimas de enchentes, como essa que atingiu o nosso Estado nas últimas 48 horas", explicou o governador de Pernambuco.

    De acordo com Paulo Câmara, o "cartão reforma emergência" poderia permitir um "olhar diferente" para as pessoas que tiveram prejuízos com as chuvas, na comparação com o que ocorreu em anos anteriores. "Vou levar essa sugestão ao presidente Temer", informou o governador, pouco antes de embarcar para um novo sobrevoo sobre municípios da Mata Sul do Estado. Paulo Câmara deve descer em três municípios da Região: Belém de Maria, Barreiros e Palmares.

    Durante a reunião do Gabinete de Crise, o governador foi atualizado pelos integrantes do grupo sobre as ações iniciadas pelo Governo do Estado. O presidenta da Agência de Águas de Pernambuco (Apac), Marcelo Asfora, relatou que a previsão para esta segunda-feira seria de chuvas "fracas a moderadas", que a grande massa de nuvens que estava sobre a Mata Sul e a Região Metropolitana do Recife se deslocou para o Norte, em direção dos Estados de Paraíba e Rio Grande do Norte.

    Sobre as estradas, o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, relatou que os maiores problemas ocorrem na BR-101 e na PE-60, além dos acessos aos municípios de Belém de Maria e Barra de Guabiraba. Os trabalhos de recuperação serão iniciados logo que o nível da água baixe.

    Com relação à distribuição de água por parte da Compesa, o presidente da empresa, Roberto Tavares, afirmou que dos 16 sistemas que estavam paralisados por causa de problemas causados pelas chuvas, 5 já voltaram a operar. No caso do Sistema Pirapama, um curto-circuito provocou a perda de mil metros em cabos. A previsão é de que Pirapama volte à operação na tarde de hoje.

    Outra notícia positiva é que a Barragem do Prata, que abastece o Agreste, acumulou bastante água: saltou de 9% para 45% da sua capacidade de acumulação.

    O secretário de Habitação, Bruno Lisboa, por sua vez, informou que 10 equipes da Secretaria se encontram nos municípios afetados preparando o levantamento que será encaminhado pelo governador Paulo Câmara ao presidente Michel Temer, conforme ficou combinado na reunião que os dois tiveram na noite do domingo (28/05).

    O comandante do Corpo de Bombeiros, Manoel Cunha, informou que iniciou a implantação dos escritórios do Governo do Estado nos 14 municípios que tiveram decretado o "estado de calamidade", além de equipes itinerantes que estão atendendo outras cidades menos afetadas da Zona da Mata e também do Agreste.

    A reunião do Gabinete de Crise contou com as presenças do vice-governador Raul Henry, dos secretários Angelo Gioia (Defesa Social), Marcio Stefanni (Planejamento e Gestão), Iran Costa (Saúde), coronel Eduardo Pereira (Casa Militar) e o chefe de Gabinete em exercício, Alexandre Campêlo.


    Assuntos: paulo camara, cartão reforma emergencial, enchentes mata sul, michel temer,
    Compartilhe: Link para o post: