meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • Plano vai fortalecer Salgueiro como polo econômico pernambucano

    Nesta semana será dado mais um passo para a consolidação da região circunvizinha de Salgueiro, no Sertão, como um polo de desenvolvimento da economia pernambucana. A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem vai dar inicio a elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do município e seu entorno. Neste sentido será realizada uma primeira reunião entre os técnicos da entidade e da consultoria contratada para a realização de atividades. Entre as etapas previstas no plano de trabalho estão : a mobilização social,  a caracterização da área, a  preparação de diagnóstico situacional e a identificação de diretrizes gerais e propostas, além da consolidação do plano.

    A área a ser estudada abrange dez municípios. Além de Salgueiro, serão contemplados : Cedro, Serrita, Parnamirim, Terra Nova, Carnaubeira da Penha, Verdejante, Mirandiba, São José do Belmonte, Cabrobó e Belém do São Francisco.  A ação tem aporte financeiro da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), ligada ao Ministério da Integração Nacional. A região tem uma população estimada de cerca de 220 mil habitantes,  o índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,670 e a vocação econômica local se baseia na agropecuária e no comércio e serviços.

    A área foi escolhida para a realização do trabalho por causa da localização privilegiada do ponto de vista logístico e geográfico, já que Salgueiro conecta os municípios dos Estados do Nordeste e do Centro Sul, por causa do cruzamento entre rodovias importantes como a BR-232 e a BR-116 . Outro fator é a perspectiva da implantação de investimentos de grande porte no Sertão a exemplo da Transnordestina, da Plataforma Logística Multimodal de Salgueiro, do Projeto de Integração do Rio São Francisco, do Canal do Sertão e da Ponte do Ibó, esta última, interligando três estados: Bahia, Pernambuco e Ceará e em plena operação, que vão impactar diretamente na área, favorecendo a  atração de empreendimentos para o local. "O estudo vem ampliar a capacidade de gerar novas oportunidades para a região, e melhorar a qualidade de vida da população", explica o presidente da Agência Condepe/Fidem, Flávio Figueiredo.

    Segundo ele, o plano a ser proposto pela Agência Condepe/Fidem vai orientar as iniciativas de diferentes atores (públicos ou privados) na região e potencializar a organização e o planejamento integrado do município e  de seu entorno, de forma a alcançar o desenvolvimento sustentável, consolidando a região como um Polo dinâmico do Estado.

    Através Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável serão identificadas as principais potencialidades e desafios na perspectiva econômica, social e de logística, através de visitas técnicas e levantamento descritivo e cartográfico da área. Também serão elaboradas as propostas que permitirão o desenvolvimento integrado e sustentável na região, identificando possibilidades de investimentos em educação, saúde, entre outras. A população será envolvida nas diversas etapas através da realização de oficinas de trabalho.  “O plano propõe o diálogo constante entre os municípios, sociedade e poder público para discutir e entender o estudo, garantindo seu sucesso e a sua capacidade de apontar soluções para um desenvolvimento planejado”, ressaltou a diretora de articulação e de Apoio ao Desenvolvimento Regional, Graça Tavares.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco institui nova política de incentivo à preservação ambiental



    O Governo enviou à Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (26), um projeto de Lei instituindo uma nova política de estímulo à preservação ambiental. Pioneira no Nordeste, a iniciativa propõe um novo modelo econômico para Pernambuco, que vai gerar receitas para quem proteger o meio ambiente. Com a medida, qualquer cidadão que preservar os recursos naturais poderá ter acesso a um incentivo financeiro por parte do Estado. O governador Paulo Câmara assinou a matéria em ato realizado no Palácio do Campo das Princesas, com a presença da ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

    Além de estabelecer a nova política para o segmento, o projeto de Lei também cria um programa e um fundo estaduais de pagamento pelos serviços ambientais. Ainda de acordo com a matéria, estão previstas a catalogação das áreas de preservação do Estado e o desenvolvimento de um sistema de informações; ambos serão utilizados para agilizar a concessão de licenças ambientais. Dessa forma, as empresas que tiverem interesse em se instalar em Pernambuco não vão perder tempo com estudos em áreas não permitidas.

    "O que estamos fazendo desde janeiro nada mais é do que dar sequência à visão da importância de termos um desenvolvimento sustentável cada vez mais presente em nossas ações. Um desenvolvimento que olhe para o aspecto econômico, mas que seja aliado do social e mantenha o meio ambiente protegido", argumentou Paulo Câmara.

    O governador afirmou que as ações do Estado estão sendo desenvolvidas a partir de um "novo olhar". "Um olhar para a energia limpa; para a conservação do nosso meio ambiente. Eu tive a satisfação de implementar políticas que facilitam a atuação dos empreendimentos, mas que, ao mesmo tempo, mantêm o controle", pontuou Câmara, salientando que a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) preza por empreendimentos que invistam com responsabilidade.

    O valor do incentivo pago pelo Estado será proporcional aos serviços prestados, levando em consideração a extensão e características da área preservada e as ações que serão realizadas. Para ter direito ao benefício, será necessário fazer a inscrição do projeto de preservação no programa, respeitando o edital que será lançado pela pasta de Meio Ambiente e Sustentabilidade, coordenadora de todo o processo. A prioridade será das áreas que, por critérios técnicos e legais, tais como o tamanho, status de conservação e regime de uso, sejam mais amplos em termos de conservação.

    Marina Silva destacou que as medidas anunciadas vão contribuir para o crescimento do Estado. "Nessa lógica, pagando pelos serviços ambientais, utilizando com inteligência e sabedoria os recursos naturais, vamos poder criar novos produtos e novas ocupações. O desenvolvimento sustentável não é a proteção do verde pelo verde. O desenvolvimento sustentável é termos a capacidade de pensar os aspectos econômicos, sociais, ambientais e culturais. Na questão econômica, é juntar economia com ecologia, transformando vantagens comparativas em competitivas", assegurou.

    A ex-ministra também elogiou a atuação de Paulo Câmara. "É inteiramente compatível ter um jovem governador trabalhando a agenda histórica da dinâmica econômica, social e cultural do seu Estado; mas com uma visão antecipatória, que já consegue enxergar quais serão os nichos para novos investimentos", considerou Marina Silva.

    Para o secretário estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Sérgio Xavier, "será cada vez mais lucrativo proteger a natureza em Pernambuco". O gestor explicou que os recursos para a viabilização do programa serão oriundos dos acordos de compensação ambiental, que são os valores pagos pelas empresas que provocam algum tipo de impacto na natureza. "O Fundo Estadual de Pagamento por Serviços Ambientais já começa com um investimento de R$ 5 milhões", adiantou Sérgio.

    Ainda em seu pronunciamento, o governador destacou a sua preocupação com o futuro de Pernambuco. "Eu tenho duas filhas, uma de dez e uma de seis anos, que estão cada vez mais conscientes a partir das atividades escolares. Eu, como governador de Pernambuco, quero acelerar esse processo, deixando um Estado muito melhor para as futuras gerações. Um Pernambuco que gera emprego, renda, que seja socialmente justo, e, acima de tudo, um Pernambuco que cuida do meio ambiente e vê o futuro do País e do Mundo de maneira muito responsável", afirmou Paulo Câmara.

    CENÁRIO NACIONAL - Antes da solenidade, o governador recebeu Marina Silva em seu gabinete, no Palácio do Campo das Princesas. Na pauta da conversa, o cenário nacional em seus aspectos políticos e econômicos. Para Câmara, ele e Marina convergem em diversos aspectos.

    "Marina tem uma visão crítica em relação ao que está sendo feito hoje. Nós concordamos em muitos aspectos. Acreditamos que o Brasil precisa reagir e buscar mais investimentos para diminuir o desemprego. Pernambuco tem sido o Estado mais afetado com a desmobilização de obras federais, principalmente no entorno de Suape. Foram mais de 50 mil postos de trabalho fechados só no primeiro quadrimestre. Então, a gente tem trabalhar. Fazer os ajustes necessários, além de contribuir para os que precisam ser feitos no âmbito federal. Mas também cobrar reação da União em relação às políticas econômicas, para, principalmente, estabilizar o desemprego no País", argumentou Paulo Câmara.

    Fotos: Roberto Pereira/SEI


    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Literatura de Cordel aproxima Pernambuco dos turistas

    A rica cultura e os atrativos turísticos de Pernambuco serão divulgados em formato de poesia popular. A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur (Empresa de Turismo de Pernambuco - Governador Eduardo Campos) está produzindo folhetos de cordel para serem entregues nos principais eventos de divulgação do destino.

    “A ideia é realizar a promoção do Estado através de uma campanha inovadora, com a exaltação da cultura pernambucana, utilizando-a como poderosa ferramenta de divulgação do destino, destacando nossas peculiaridades culturais”, destaca Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco.

    Focada no público final, a intenção é sensibilizar o turista para os aspectos da cultura pernambucana, promovendo, com isso, o reconhecimento do destino Pernambuco para além de “Sol e Mar”. No texto do cordel, o turista encontrará informações sobre danças, gastronomia, municípios do Litoral ao Sertão, infraestrutura turística, artesanato e o povo pernambucano. 

    Com um linguajar regionalizado e informal, o texto é do poeta-cordelista Allan Sales, que já fez trilhas musicais originais para o teatro. A arte é baseada no Movimento Armorial, criado pelo escritor Ariano Suassuna. A primeira distribuição dos cordéis será no interior do Estado, durante o “Seminário Destino PE”, em que o secretário Felipe Carreras está percorrendo municípios de Pernambuco para mapear o turismo do Estado. 

    O Cordel “Pernambuco Joia Rara do Nordeste Brasileiro” também será musicado, para que seja ouvido na abertura dos principais eventos turísticos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Literatura de Cordel aproxima Pernambuco dos turistas

    A rica cultura e os atrativos turísticos de Pernambuco serão divulgados em formato de poesia popular. A Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, por meio da Empetur (Empresa de Turismo de Pernambuco - Governador Eduardo Campos) está produzindo folhetos de cordel para serem entregues nos principais eventos de divulgação do destino.

    “A ideia é realizar a promoção do Estado através de uma campanha inovadora, com a exaltação da cultura pernambucana, utilizando-a como poderosa ferramenta de divulgação do destino, destacando nossas peculiaridades culturais”, destaca Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco.

    Focada no público final, a intenção é sensibilizar o turista para os aspectos da cultura pernambucana, promovendo, com isso, o reconhecimento do destino Pernambuco para além de “Sol e Mar”. No texto do cordel, o turista encontrará informações sobre danças, gastronomia, municípios do Litoral ao Sertão, infraestrutura turística, artesanato e o povo pernambucano. 

    Com um linguajar regionalizado e informal, o texto é do poeta-cordelista Allan Sales, que já fez trilhas musicais originais para o teatro. A arte é baseada no Movimento Armorial, criado pelo escritor Ariano Suassuna. A primeira distribuição dos cordéis será no interior do Estado, durante o “Seminário Destino PE”, em que o secretário Felipe Carreras está percorrendo municípios de Pernambuco para mapear o turismo do Estado. 

    O Cordel “Pernambuco Joia Rara do Nordeste Brasileiro” também será musicado, para que seja ouvido na abertura dos principais eventos turísticos.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Comitiva de Rondônia vem a Pernambuco conhecer Modelo de Gestão

    A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) recebe a visita de representantes do Governo de Rondônia que procuraram o Estado para conhecer melhor o Modelo de Gestão Todos por Pernambuco e, mais especificamente, o Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP). A comitiva rondoniense está, desde segunda-feira (25), reunida com os gestores governamentais estaduais. A visita será finalizada na tarde desta terça-feira (26).

    O EGP faz parte da estrutura da Secretaria Executiva de Gestão Estratégica, da Seplag, e é responsável pelo monitoramento das obras consideradas estratégicas pelo Governo. O primeiro compromisso dos representantes de Rondônia foi uma explicação sobre o Modelo de Gestão Todos por Pernambuco, com o objetivo de contextualizar o papel do EGP dentro do processo.

    A gerente geral do EGP, Maria Teresa Araújo, explicou que, no primeiro dia de contato com os gestores de Rondônia, foram repassadas todas as rotinas de trabalho, as ferramentas de gestão e as metodologias utilizadas. “Eles vieram para conhecer especificamente o EGP. Já apresentamos como são monitoradas as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e das escolas técnicas. Hoje os colegas de Rondônia terão contato mais profundo com as ferramentas de tecnologia que usamos”, afirmou.

    Apesar de o foco ser o Escritório, a diretora executiva da Secretaria de Estado e Assuntos Estratégicos de Rondônia, Rosana Cristina Souza, se mostrou bastante interessada em conhecer os Núcleos de Gestão por Resultados. “A atual gestão do Governo de Rondônia está em seu segundo mandato. Já temos um Modelo de Gestão semelhante, porém menor, ao de Pernambuco rodando no nosso Estado, fruto de um intercâmbio direto entre o nosso governador e o ex-governador Eduardo Campos. Estamos aqui para seguir os passos dados por Pernambuco, aprender com os acertos e evitar os erros. Não sabia da existência dos núcleos setoriais e isso nos interessou muito”, disse Rosana.

    Nesta terça-feira, os rondonienses conheceram a metodologia de monitoramento dos Pactos Pela Vida, da Educação e da Saúde. “Já recebemos vários Estados e é sempre uma experiência muito positiva. Além da divulgação que é feita do nosso trabalho, há uma troca de experiências que é muito válida. Questionamentos que são feitos pelos visitantes nos ajudam a refletir sobre o nosso trabalho e pensar em melhorias”, ressaltou Maria Teresa.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Doação de órgãos: taxa de negativa familiar é de 56%

    Um doador de órgãos e tecidos pode beneficiar até sete pessoas. Coração, pâncreas, rim, fígado e córneas de um paciente que veio a óbito podem fazer a diferença na qualidade de vida de alguém que luta contra o tempo na fila de espera da Central de Transplante de Pernambuco (CT-PE). Contudo, hoje, o principal entrave para tornar a doação uma realidade é a negativa familiar: em 56% dos casos, as potenciais doações acabam não ocorrendo pela resistência dos parentes. Para chamar a atenção do público e fazer com que todos reflitam sobre o assunto, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) promove, a partir desta terça-feira (26/05), a Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos.

    “Entre os motivos da negativa familiar, está o desconhecimento da população sobre a morte encefálica e sobre a integridade do corpo após a doação. Precisamos informar que o diagnóstico de morte encefálica segue um rígido protocolo na sua confirmação e que a família receberá o corpo do ente querido íntegro. Como a doação só ocorre com a autorização de um familiar de até segundo grau, de acordo com a legislação brasileira, precisamos difundir esse tema; tirar dúvidas, mitos e preconceitos; e saber que esse ato pode salvar muitas vidas”, afirma a coordenadora da CT-PE, Noemy Gomes.

    Durante a Semana Estadual de Incentivo à Doação de Órgãos, será realizado o Simpósio Pernambucano de Doação e Transplantes de Órgãos e Tecidos. As atividades ocorrem durante toda esta terça-feira (26/05), a partir das 8h, no auditório do Cremepe, reunindo profissionais de saúde da área de todo o Estado, além da participação do Conselho Federal de Medicina e da Central de Notificação Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos do Estado de Santa Catarina. Na quinta (28/05), às 14h30, a CT-PE visita a sede da Secretaria Estadual de Educação, na Várzea, para sensibilizar os servidores. Já na manhã da sexta (29/05), um adesivaço será feito na Avenida Agamenon Magalhães, nas proximidades do HR.

    DADOS – Entre 1995 e 2014, a CT-PE conseguiu tornar realidade 14.492 transplantes. Nos primeiros dez anos, de 1995 a 2004, foram 3.425 procedimentos. Já na segunda década (de 2005 a 2014), o número subiu para 11.067, um aumento de 323%. Apesar do dado animador, depois de 2012, quando houve o recorde no número de doações (1.690) da Central, os números vêm caindo: foram 1.551, em 2013; e 1.405, em 2014. “Precisamos refletir: e se fosse com você ou com algum parente, a doação de órgãos não seria um problema seu?”, indaga a coordenadora da CT-PE.

    TRANSPLANTES EM 2015 – De janeiro a abril, foram realizados 367 transplantes, uma queda de 12,41% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram efetivados 419. Mesmo assim, a CT-PE comemora o aumento nos transplantes de coração (200%), fígado (19%) e rim (11%), em relação ao mesmo período de 2014.

    ESPERA – Atualmente, 1.298 pessoas estão na fila de espera por pâncreas/rim (1), coração (6), medula óssea (30), fígado (78), córnea (115) e rim (1.068). No caso da córnea, a CT-PE considera a fila zerada, pois o transplante acontece em até 30 dias da data de inscrição do paciente na fila. “Desde o ano passado, iniciamos um trabalho no Hospital de Câncer de Pernambuco para ampliar as doações do tecido ocular pelos portadores de câncer. Hoje, a unidade é a terceira no número de doações, atrás apenas do HR e do Imip”, diz Noemy Gomes.

    RANKING – De acordo com dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), Pernambuco encontra-se no primeiro lugar no Norte/Nordeste, entre janeiro e março de 2015, no número de transplantesde coração, rim e medula óssea.

    PASSO A PASSO – O primeiro passo para o transplante deve ser dado pela pessoa que deseja ser doador, ao informar à família sobre sua intenção de doar. No caso de morte encefálica do paciente (o cérebro morre, mas o coração permanece batendo por algumas horas), os parentes devem procurar o médico responsável para expressar o desejo de doação. As equipes de captação de órgãos dos hospitais também conversam com as famílias para sensibilizar sobre a causa. Segundo a legislação de transplantes no Brasil, a doação de órgãos só pode ser feita se um familiar de até segundo grau autorizar.

    A partir da assinatura do termo de autorização, a Central encaminha o órgão para um receptor compatível obedecendo a ordem da lista única do Estado. A decisão deve ser rápida, para que o transplante seja bem-sucedido. Vale salientar que o corpo do doador não fica mutilado e que a idade não determina se alguém pode ou não ser um doador.

    MEDULA ÓSSEA – Além da doação de órgãos após a morte, em vida, é possível ser doador de medula óssea. Para isso, basta fazer o cadastro no Hemope, onde é feita a coleta de uma pequena amostra de sangue para os testes de compatibilidade. Caso haja compatibilidade com alguém de qualquer lugar do Brasil ou do mundo, novos exames confirmatórios são realizados antes que seja feita a doação.

    DOAÇÃO INTERVIVO – No caso do rim, além do doador diagnosticado com morte encefálica, a doação também pode ser feita por um doador vivo, como previsto na legislação brasileira. Nesse caso, é necessário ter um grau de parentesco com o receptor de até quarto grau – primo legítimo.

    “Também é necessário fazer um teste de compatibilidade. Se for compatível, o doador passa por uma série de exames para que essa doação não traga nenhum malefício a sua saúde”, avisa Noemy Gomes. Essa é a única modalidade de transplante que o órgão é direcionado especificamente para uma pessoa, que, mesmo assim, deve estar inscrita na fila da Central de Transplantes.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • SARA inaugura sistema de abastecimento d'água em Riacho das Almas

    A cidade de Riacho das Almas, no Agreste Central, inaugurou mais um sistema de abastecimento de água, fruto de parceria entre a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco (SARA) e a Prefeitura da Cidade. A solenidade de entrega foi realizada no Sítio Dois Riachos, localidade beneficiada, pelo secretário Nilton Mota e pelo prefeito Mário da Mota.

    O novo poço artesiano, que já conta com a atuação de um dessalinizador, equipamento que transforma água salgada em água potável por meio de um sistema de filtragem e pressurização, foi construído pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), tem capacidade para seis mil litros de água doce por dia e deverá beneficiar mais de 60 famílias. A manutenção do equipamento a partir da entrega fica por conta do poder municipal.

    A cidade conta agora com 31 poços perfurados, 16 deles já com dessalinizadores. "Minimizar os efeitos da estiagem é um compromisso permanente do Governo do Estado. Sabemos das dificuldades tanto da população quanto dos gestores, mas nossa missão é transformar ameaças em oportunidades" destacou Nilton.

    Durante a passagem por Riacho das Almas, o secretário também anunciou a limpeza de duas médias barragens e a construção de 600 cisternas, sendo 500 de placa (16 mil litros) e 100 do tipo calçadão (52 mil litros de caráter produtivo), no município.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Itep promoverá Seminário Energia e Meio Ambiente - Opções de Energias Renováveis no dia 5 de junho

    Os interessados em participar do Seminário Energia e Meio Ambiente - Opções de Energias Renováveis, que será promovido pelo Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) no dia 5 de junho, devem enviar mensagem para o e-mail seminarioenergiaambiente2015@gmail.com, indicando nome, CPF, entidade ao qual estão ligados e e-mail. Durante o evento, serão abordado temas como Investimentos em Energias Renováveis no Estado, Energia Eólica, Energia Solar Voltaica e Energia de Biomassa. O evento está inserido na programação da Semana do Meio Ambiente 2015 e será realizado no Auditório Pelópidas Silveira, na sede do Itep, na Cidade Universitária.

    O seminário terá início às 8h30, logo após o credenciamento dos participantes. A abertura será feita pelo presidente do Itep, Frederico Montenegro. Às 9h, ocorrerá a palestra magna “Oportunidades de Investimentos em Energias Renováveis em Pernambuco”, com o superintendente de Energia da Chesf, engenheiro Murilo Pinto. A coordenadora da mesa será a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lúcia Melo. Haverá debates após a palestra.

    Às 10h45, será realizado o painel 1 “Energia Eólica – Desenvolvimento e Perspectivas no Nordeste”, com o professor Everaldo Feitosa, diretor da Eólica Energia, tendo como debatedores os engenheiros Paulo Ferreira, diretor da Aeroespacial, e Eduardo Jatobá, da Chesf. O coordenador da mesa será o diretor técnico-científico do Itep, Geraldo Eugênio. Após cada painel, haverá debates.

    Depois do intervalo para o almoço, o evento retorna às 14h, com o painel 2 “Energia Solar Fotovoltaica e Aquecimento Solar de Água: Dificuldades e Possibilidades”, com o deputado federal João Fernando Coutinho, membro titular da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, como palestrante. Os debatedores serão o professor Frederico Nunes, do Departamento de Eletrônica e Sistemas da UFPE, e o professor Heitor Scalambrini, do Núcleo de Engenharia do Centro Acadêmico do Agreste/UFPE. O coordenador da mesa será o presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), Abraham Sicsu.

    O painel 3 “Energia de Biomassa: Projetos de Biogás em Desenvolvimento e Viabilidade Técnica e Econômica” contará com o professor José Fernando Jucá, do Departamento de Engenharia Civil da UFPE como palestrante e com os professores Rômulo Menezes, do Departamento de Energia Nuclear da UFPE, e Sérgio Peres, chefe do Laboratório de Combustível e Energia da UPE, como debatedores. O gerente do Programa de Resíduos Sólidos do Itep, Bertrand Sampaio de Alencar, vai coordenar a mesa. Após debates deste painel, haverá o encerramento do evento.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • Universidade peruana busca parceria do IPA nas áreas das Ciências Agrárias

    A Universidad Agraria Nacional La Molina (UNALM) busca apoio e a participação de instituições pernambucanas em convênio bilateral entre Brasil e Peru, nas áreas das Ciências Agrárias. Nesse sentido, foram realizadas duas ações junto ao Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA).

    A primeira delas foi a apresentação das professoras e pesquisadoras do Departamento Academico de Acuicultura e Industria Pesquera da Universidad Agraria Nacional La Molina (UNALM), no Peru, Jessie Vargas Cárdenas e Patricia Gil Kodaka, sobre as linhas de pesquisa e desenvolvimento tecnológico da UNALM.

    Elas discorreram sobre várias áreas das ciências agrárias da universidade peruana, tais como: aquicultura, agronomia e zootecnia, na quarta-feira (20/06), na sede do IPA. O diretor de Pesquisa, Antônio Raimundo, participou da apresentação juntamente com diversos pesquisadores e extensionistas do Instituto. Também presentes, professores do Departamento de Pesca e Aquicultura-UFRPE, alunos de Pós-Graduação em Recursos Pesqueiras e representante do ITEP.

    A segunda ação foi a visita técnica das pesquisadoras da UNALM à fazenda de camarão marinho para troca de experiências em sistema de cultivos trifásico e sem renovação de água. Elas foram acompanhadas pelos extensionistas do IPA, Luis Otavio e João Paulo.

    A visita das pesquisadoras integra as ações do convênio firmado entre a UFRPE, UFSC (Santa Catarina) e a UNALM, para o desenvolvimento da Aquicultura, com troca de experiências e parcerias em pesquisa, com desenvolvimento de teses e dissertações, além de intercâmbio de pesquisadores, técnicos e alunos.

    PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA - O extensionista Luis Otavio, que atua no IPA de Itamaracá, participa de publicação sobre nutrição de camarões marinhos com as pesquisadoras do Departamento Academico de Acuicultura e Industrias Pesquera, Universidad Agraria Nacional La Molina (UNALM), Jessie Cárdenas, Elsa Galarza, David Pitta, Victor Vergara e com o professor, Alfredo Olivera, do Departamento de Pesca e Aquicultura-UFRPE. Os trabalhos de pesquisa, em parceria com os professores, estão sendo desenvolvidos sobre temas relacionados à nutrição e manejo de camarões marinhos e tilápias.

    O artigo Assessment of different levels of green and Brown seaweed meal in experimental diets for whiteleg shrimp (Litopenaeus vannamei, Boone) in recirculating aquaculture system foi publicado no Aquaculture International, periódico da Sociedade Europeia de Aquicultura, que publica trabalhos originais de pesquisa, comunicações breves, notas técnicas e artigos de revisão sobre todos os aspectos da aquicultura.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post:
  • AVISO DE COTAÇÃO

    | Cotação

    Contratação emergencial, por dispensa de licitação, de empresa especializada na prestação de serviços de Mão de Obra Terceirizada, destinada ao apoio operacional necessário às atividades do Escritório de Representação do Governo do Estado de Pernambuco em Brasília/DF. Os serviços de 01 (uma) Copeira, 03 (três) Motoristas Executivos, 02 (duas) Secretárias Executivas e 01 (um) Office Boy serão realizados no endereço: SBN Quadra 02, Bloco H, Sobreloja, salas 05 a 11, Ed. Central Brasília, Brasília/DF, CEP 70.040-904.

    As propostas deverão ser apresentadas até 27/05/2015, às 18h, na Gerencia Geral da Secretaria da Casa Civil, situada na Rua: Confederação do Equador, 111 Graças – Recife-PE.

    O Termo de Referência e seus anexos deverão ser solicitados no Apoio da Gerencia Geral da Secretaria da Casa Civil através do e-mail cotacoes@casacivil.pe.gov.br ou por telefone: (81) 3184-1022.

    Assuntos: Não há assuntos relacionados.
    Compartilhe: Link para o post: