meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • No Seminário do LIDE, Paulo Câmara destaca necessidade de um planejamento a longo prazo para o Brasil

    | Economia, Administração
    lide

    Governador participou, nesta sexta-feira, do evento corporativo, que foi realizado pela primeira vez em Pernambuco

    O governador Paulo Câmara participou, nesta sexta-feira (20.04), do Seminário LIDE, principal momento de discussão do 17º Fórum Empresarial, promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais. Considerado como o maior evento corporativo do Brasil, a iniciativa aporta em Pernambuco pela primeira vez em nosso Estado, reunindo cerca de 300 empresários relevantes do País, além de diversas autoridades políticas nacionais. Com o tema Democracia e Competitividade, o evento objetiva promover debates sobre democracia, economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social. A programação do Fórum segue até amanhã (21.04), no Sheraton Reserva do Paiva Hotel, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife.

    “É um evento muito importante. Quero parabenizar todos que fazem o LIDE por essa oportunidade de trazer um debate tão qualificado para Pernambuco, com pessoas de todo o País, que vieram discutir o futuro. O Brasil precisa de muita discussão e reflexão. É preciso discutir o futuro, criticar, ouvir sugestões, e o LIDE faz esse papel, com debates de alto nível, qualificados, chamando importantes setores da sociedade que geram emprego e renda. Tudo isso em um ano importante, de eleição, em que as pessoas precisam realmente discutir e definir estratégias para o futuro. O Brasil precisa de estratégias que não sejam apenas de curto prazo, mas de médio e longo prazo. Então, o LIDE cumpre seu papel de promover essas discussões importantes e fundamentais”, ressaltou o governador, que esteve acompanhado do prefeito do Recife, Geraldo Julio.

    Dentro da agenda relacionada à economia, gestão empresarial, política e responsabilidade social, o seminário abordou três painéis: A era reformista; Competitividade e emprego; e Fortalecimento das instituições. Os debates têm como objetivo melhorar as questões primordiais para o Brasil, através da troca de experiências exitosas entre as diversas lideranças presentes, de todas as áreas, atuando como uma importante oportunidade de interação, ponto de discussões e de busca de alternativas de construção para o futuro do País.

    LIDE – O Grupo de Líderes Empresariais é uma organização de caráter privado que tem como objetivo promover e incentivar as relações empresariais. Fundado em 2003, congrega 1.700 empresas em diversos países. Promove debates para o fortalecimento da livre iniciativa, do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança corporativa nos setores privado e público. Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 26 frentes de atuação.
    Assuntos: sei, paulo camara, forum empresarial, gestao empresarial, economia, seminario, lide
    Compartilhe: Link para o post:
  • Programa Mãe Coruja realiza oficinas de estímulo à cultura e ao desenvolvimento infantil

    mae

    Ação aconteceu no Sertão e foi voltada para gestantes e crianças

    Fortalecer a prática do brincar e a vivência em atividades culturais. Esse foi o objetivo do projeto “Cultura nos Cantos”, realizado pelo Programa Mãe Coruja Pernambucana em parceria com a Secretaria de Cultura de Pernambuco, nos dias 18 e 19 de abril.

    Através de oficinas, ocorridas nos municípios de Parnamirim, Terra Nova, Moreilândia e Exu, no Sertão, o projeto agregou mulheres, gestantes e crianças em vivências com o intuito de associar a importância do lúdico ao desenvolvimento cultural e social e afetivo das crianças.

    Na oficina “É Brincando que se Aprende”, os participantes puderam vivenciar aspectos do universo da palhaçaria, tendo-se em vista a compreensão do lúdico como canal potencializador da autoestima, superação e expressão artística. A atividade, que ocorreu nos municípios de Parnamirim (18) e Moreilândia (19), foi ministrada pela arte educadora, jornalista e atriz, Ana Nogueira.

    A oficina incluiu rodas de conversa, jogos de interação e improviso, dublagem e criação de coreografias em grupo, compartilhamento de histórias e experiências pessoais, entre outras dinâmicas. “ O encontro foi muito proveitoso porque através da brincadeira a criança pode aprender, conhecer sobre os animais, melhorar a locomoção, a forma de caminhar, os passinhos, aprender a contar”, avaliou a participante Maria de Fátima da Silva, mãe do bebê Miguel, de Parnamirim. “A brincadeira serve não apenas para os pequenos mas também para incluir os maiores que estão em casa. A gente brinca também com os nossos filhos”, completou a agente comunitária de Saúde, Márcia Marclides de Vasconcelos, que também participou da oficina acompanhada da bebê Nadrine, também de Parnamirim.  

    Já na oficina “Família: Coração Cheio de Memórias e Poesia”, a proposta consistiu em promover a convivência em família e sociedade, o fortalecimento dos vínculos e memórias afetivas, através do uso da música, poesia, e danças como ciranda. A atividade foi realizada nos municípios de Terra Nova (18) e Exu (19), sendo ministrada pela contadora de histórias Adélia de Oliveira.“Foi um momento ímpar no qual nós tivemos a oportunidade de brincar com nossos filhos e também de interagir com outras mães e com outras crianças. Desejamos que esse momento aconteça mais vezes”, afirmou a participante e mãe coruja de Moreilândia, Ana Heloísa Pereira da Silva.

    O professor do Círculo de Educação e Cultura (CEC) de Moreilândia, Welington de Oliveira, veio conhecer a oficina para adotar em suas aulas, junto às famílias do município, a importância do brincar. “O programa tem avançado muito em nosso município, graças à evolução do olhar para o desenvolvimento da primeira infância”, disse.  

    Segundo a coordenadora do Mãe Coruja para a 9ª Gerência Regional de Saúde (Geres), Leônia Carvalho, o resultado das oficinas foram positivos porque complementam as ações do Mãe Coruja voltadas para o desenvolvimento da criança. “As mães entenderam o sentido da atividade porque muitas declararam que irão tirar um tempo para brincar com seus filhos. Várias participantes revelaram também que resgataram a criança dentro delas. Algumas mães tiveram mais dificuldade de interagir, mas permaneceram até o fim da atividade acompanhando a ação. Brincar não é apenas um passatempo”, avaliou.

    Assuntos: secult, programa mae coruja, oficinas, cce, cultura, geres, desenvolvimento da crianca
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo de Pernambuco faz balanço das intervenções em Bodocó

    | Balanço
     Após uma semana das fortes chuvas em Bodocó, no Sertão do Araripe, o Governo de Pernambuco faz um balanço das intervenções no município. No início da operação, a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) chegou a registrar 176 famílias desabrigadas e 55 desalojadas. Nesta sexta-feira (20), já não há mais registros de desabrigados e desalojados. A Codecipe também constatou que o abastecimento de água e a eletrificação estavam normalizados desde o domingo (15).

    O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) abriu um acesso a Ouricuri, por meio de uma via pela zona rural, permitindo que o encaminhamento dos pacientes de Bodocó, Granito, Moreilândia e Exu ao Hospital Regional de Ouricuri fosse restabelecido. No início da semana, o Hospital Santa Maria, localizado em Araripina, atuou como suporte às gestantes encaminhadas de Bodocó. E os casos de urgência e emergência dos moradores de Bodocó, Exu, Granito e Moreilândia foram atendidos pelo Hospital Regional de Salgueiro.

    Durante a semana, as equipes da Secretaria de Saúde de Pernambuco, por meio da Vigilâncias Ambiental, Epidemiológica e Sanitária, da IX Gerência Regional de Saúde (Geres), prestaram apoio técnico ao município e, em conjunto, visitaram os abrigos montados na cidade para dar orientações sobre a limpeza das casas, manipulação de alimentos nas áreas afetadas pelas chuvas, descarte de objetos, além de terem realizado avaliação das manifestações clínicas entre os desabrigados, orientando sobre os sinais e sintomas de doenças e agravos. Foram vacinados 219 pessoas contra hepatites, difteria e tétano e realizados 200 testes para hepatites; e foram distribuídos 1,4 mil unidades de hipoclorito de Sódio, utilizado para purificar a água para consumo. Também foram encaminhadas doses de insulina, a pedido do município.

    As aulas na Escola de Referência em Ensino Médio Artur Barros Cavalcanti, no centro da cidade, retornaram na teça-feira (17). A Escola Estadual João Carlos Lócio de Almeida, também no centro, está passando por um processo de limpeza durante esta semana e voltará às atividades na próxima segunda-feira (23). Já na Escola Estadual Luiz Gomes de Lins, localizada na zona rural, distrito de Sipaúba, as aulas serão retomadas assim que o acesso viário for restabelecido, permitindo que os professores consigam chegar ao distrito. O DER fez uma avaliação preliminar desse acesso e o tráfego poderá ser liberado na próxima semana. Um calendário de reposição das atividades escolares já está sendo organizado.

    Quanto a ponte sobre o Rio Pequí, a equipe técnica do DER e de engenharia da Codecipe avaliaram que o equipamento, com 40 metros de extensão, possui uma rachadura na laje do vão central, o que compromete totalmente a sua estrutura. Não há previsão para liberação do tráfego no local nem para circulação de pedestres. No entanto, a Codecipe enviou um ofício à Secretaria de Defesa Civil Nacional solicitando apoio do Exército na colocação de uma ponte móvel provisória.

     Até a normalização desta área, a rota alternativa mais curta e viável para receber o fluxo de veículos é utilizar a rodovia PE-560, estrada de terra que liga Bodocó até o distrito de Estaca, chegando à rodovia BR-316, trecho com extensão de 20 km. Anteriormente, liberada apenas para veículos pesados, a via já está sendo utilizada por veículos de pequeno porte. O DER está executando serviços de drenagem neste trecho com o objetivo de evitar que haja acúmulo de água em decorrência das chuvas e, consequentemente, o bloqueio da via. Essa rota aumenta em 23 km o percurso para quem segue de Bodocó para Ouricuri.

    Assuntos: camil, governo de pernambuco, balanco, intervencoes, bodoco,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governo do Estado promove uma série de ações para celebrar a Semana do Livro

    | Educação, Cultura
    palavras 
    Programação incentiva leitura com lançamentos de livros, atividades lúdicas, oficinas educativas e bate-papos

     O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secult-PE/Fundarpe, irá promover uma série de ações ao longo da próxima semana para comemorar o Dia Mundial do Livro, celebrado anualmente no dia 23 de abril.

    As comemorações começam na segunda-feira (23), com a oficina de "Escrita Criativa" para as participantes da primeira edição do Prêmio Literário da Mulher Idosa - Anita Paes Barreto. Ministrada pela coordenadora de Literatura da Secult-PE, Mariane Bigio, a atividade tem como objetivo debater a liberdade da escrita e fornecer novas estruturas para incentivar a criação literária. "O nosso intuito é destravar as ideias, através de leituras e análises textuais, a fim de apontar às participantes da oficina saídas ou caminhos para seus textos", conta Bigio.

    A iniciativa - que acontecerá das 9h às 13h, na sede do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco (Avenida Alfredo Lisboa nº 188 - 2º andar - Recife Antigo - Bairro do Recife) - é fruto de uma parceria entre a Secretaria da Mulher e a Secult-PE/Fundarpe, e visa contribuir para o protagonismo da mulher idosa que, atualmente, representa 52% da população feminina do Estado de Pernambuco.

    Na terça (24) e quarta-feira (25), haverá duas edições especiais do projeto "Outras Palavras". A primeira delas acontecerá na Estação Central Capiba/Museu do Trem do Recife (R. Floriano Peixoto, s/n - São José, Recife – PE), no dia 23, às 9h, e terá um bate-papo com o escritor, ilustrador e ator Luciano Pontes, mediado por Mariane Bigio, e apresentação da Orquestra Cidadã. A atividade é voltada aos integrantes do Movimento Pró-Criança e da Fundação Ana Lima, e contará ainda com uma visita guiada ao museu, mediada pela equipe do educativo da instituição. 

    Já no dia 25, às 14h, a ação ocupará as instalações da Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n - Recife Antigo - Bairro do Recife). Com intervenção poética de Luna Vitrolira e participação dos alunos da ETE Porto Digital e dos professores da Secretaria Executiva de Educação Profissional (SEEP), a atividade terá um bate-papo com o artista Luiz Barroso, mediada por Márcio Almeida (coordenador de Artes Visuais da Secult-PE), e sua exposição Invisível Presença II, que está em cartaz desde janeiro no equipamento cultural.

    Criado em 2015, o "Outras Palavras" mudou a realidade do ambiente escolar para melhor. Ao todo, foram alcançadas 504 escolas de 10 Regiões do Estado (RMR, Agreste Central, Agreste Meridional, Agreste Setentrional, Mata Norte, Mata Sul, Sertão do Araripe, Sertão Central, Sertão do Moxotó e Sertão de São Francisco), atingindo mais de 11.600 alunos e distribuindo mais de 5 mil livros nas instituições de ensino - boa parte deles publicações premiadas no Prêmio Pernambuco de Literatura ou que foram produzidas com incentivo do Funcultura. "Mais do que incentivar o hábito da leitura entre os estudantes, o nosso projeto estimula a presença e a participação de artistas/grupos/autores pernambucanos nas escolas, a fim de contribuir para atividades de fruição e formação artística dentro do espaço escolar", conta a vice-presidente da Fundarpe, Antonieta Trindade, idealizadora do projeto, que já visitou 38 cidades pernambucanas.

    Ainda na quarta-feira (25), às 19h, o Espaço Pasárgada (R. da União, 263 - Boa Vista, Recife - PE) recebe o lançamento do livro "Romance do Touro Contracordel", de autoria de Aderaldo Luciano. 

    Dando continuidade às ações da Semana do Livro, na quinta-feira (26), haverá o lançamento dos livros vencedores do 5º Prêmio Pernambuco de Literatura, a partir das 19h, no Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960, Graças - Recife): "das tripas coração" (Ezter Liu), "nada consta" (Fred Caju), "chã" (Enoo Miranda), "Nem tudo cabe na paisagem" (Amâncio Siqueira) e "O Velocista" (Walter Cavalcanti Costa). As obras, editadas em parceria com a Companhia Editora de Pernambuco, poderão ser adquiridas no dia lançamento pelo valor de R$ 20 (cada uma).

    Já na sexta-feira (27), terá edição especial do Escambo de Livros. O tradicional troca-troca de livros, que acontece rotineiramente no hall da sede da Secult-PE/Fundarpe, contará nesse dia com exibição de vídeos, música-ambiente e mediação de leitura com Luciana Lima (assessora da Coordenadoria de Literatura da Secult-PE), das 10h às 12h, e das 14h às 17h. Para participar do escambo, basta o visitante levar um livro de literatura nacional/estrangeira até a sede da Secult-PE/Fundarpe e trocar por outro de seu interesse. Excluem-se da iniciativa obras didáticas/educacionais.

    Evento - A Semana do Livro tem como objetivo desenvolver ações de valorização do livro e de incentivo à leitura, contribuindo eficazmente para a formação de leitores. Para o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja"além da celebração, as atividades da Semana do Livro estão em convergência com as políticas públicas para o setor do livro que, dentre os objetivos, busca atuar no fomento da nossa literatura e valorização da leitura, impactando os públicos das mais diversas faixas etárias".

    Já a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, ressalta que o evento visa estimular a reflexão sobre a importância da leitura, como elemento formador de indivíduos críticos. “Com mais gente lendo, teremos mais gente cidadã, culta e de espírito crítico”, sublinha.

    Confira abaixo a programação completa:

    Semana do Livro
    23 a 27 de abril

    Segunda-feira (23)
    9h - Oficina de Escrita Criativa para as participantes da primeira edição do Prêmio Literário da Mulher Idosa - Anita Paes Barreto, com facilitação de Mariane Bigio
    Local: Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco - CEDIM/PE (Avenida Alfredo Lisboa nº 188 - 2º andar - Recife Antigo - Bairro do Recife)

    Terça-feira (24)
    9h - Outras Palavrinhas, com a participação do escritor Luciano Pontes, mediado por Mariane Bigio, e apresentação da Orquestra Cidadã
    Local: Estação Central Capiba/ Museu do Trem do Recife (R. Floriano Peixoto, s/n - São José, Recife – PE)

    Quarta-feira (25)
    14h - Outras Palavras, com intervenção poética de Luna Vitrolira, bate-papo com Luiz Barroso e visita à exposição Invísivel Presença II
    Local: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n - Recife Antigo - Bairro do Recife)

    19h - Lançamento do livro "Romance do Touro Contracordel" (Aderaldo Luciano)
    Local: Espaço Pasárgada (R. da União, 263 - Boa Vista, Recife - PE) 

    Quinta-feira (26)
    19h - Lançamento dos livros do 5º Prêmio Pernambuco de Literatura
    Local: Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960, Graças - Recife)

    Sexta-feira (27)
    10h às 12h, 14h às 17h - Escambo de Livro Especial
    Local: Secult-PE/Fundarpe (R. da Aurora, 463/469 - Boa Vista, Recife - PE)

    Assuntos: secult, fundarpe, dia mundial do livro, governo de pernambuco, semana do livro, oficinas
    Compartilhe: Link para o post:
  • "Dialogando com o PROCON" é tema de formação promovida pela SEDH

    | Direitos Humanos

    procon

    Com a finalidade de promover orientação quanto às legislações e encaminhamentos adequados à população no que se refere aos conflitos direcionados ao consumo, a Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH), por meio do programa Mediação de Conflitos, realizou nesta sexta-feira (20/04) um encontro de formação continuada com o tema: Dialogando com o Procon-PE. O encontro aconteceu no auditório Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe), em parceria com o órgão de defesa do consumidor e foi direcionado para mediadores atuantes em núcleos comunitários parceiros do Governo de Pernambuco.

    A formação foi dividida em dois momentos, no primeiro, os mediadores puderam entender sobre a funcionalidade do Procon/PE, a sua atuação, competências e a diferença entre o juizado de pequenas causas e o órgão. Já no segundo, foi aberto para que o público pudesse tirar dúvidas com a palestrante, a gerente jurídica do Procon, Danyelle Sena.

    Para a mediadora Thayne Fernandes, do núcleo do bairro do Fundão, participar da formação é um momento de esclarecimento “aprendizado, onde podemos, depois, passar todas essas informações para a comunidade”, expõe. A coordenadora do programa de Mediação da SEDH revela a importância deste trabalho. “É importante qualificar os mediadores e mediadoras comunitários no sentido da possibilidade da mediação nas relações de consumo”, expressa.

    O curso que faz parte de uma agenda de formações continuadas com os mediadores, já tem o seu próximo workshop marcado para o próximo dia 25 de maio, com tema “A Política de Promoção dos Direitos Humanos desenvolvidas pela SEDH”.

    Assuntos: sedh, governo de pernambuco, mediacao de conflitos, procon, agenda de formacoes continuada
    Compartilhe: Link para o post:
  • Sensor de março mostra crescimento do emprego celetista

    | Administração, Cotação

    Segundo o Informe Sensor nº 03/2018, referente ao mês de março, o emprego celetista (regido pela CLT) tornou a apresentar crescimento em Pernambuco no 1º bimestre de 2018. No período observou-se uma inflexão com o crescimento de 0,3% e a criação de 3,7 mil empregos celetistas.  A agropecuária e a indústria contribuíram para este quadro positivo e as Mesorregiões da Mata  e do Agreste Pernambucano foram as que mais se destacaram.

    O documento é publicado mensalmente pela Gerência Geral de Estudos e Pesquisas Socioecoômicas da Diretoria de Estudos e Pesquisas da Agência Condepe/Fidem.Os dados foram extraídos do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho, referentes ao primeiro bimestre de 2018. Eles revelam a retomada do emprego celetista em Pernambuco.

    A pesquisa mostra que se observadas as informações, segundo as mesorregiões estaduais, o processo de recuperação apresenta-se mais intenso na Zona da Mata, que gerou 6,4 mil empregos celetistas no 1º bimestre de 2018 em relação ao mesmo período de 2017, ou seja, 5,6% de crescimento. Já no Agreste o emprego celetista cresceu 1,7% no bimestre, cerca de 3 mil postos de trabalho CLT. O melhor desempenho deu-se na Agropecuária (4,5 mil novos empregos, 9,6% de crescimento) e na Indústria (2,0% ou 4,3 mil postos criados).

    Assuntos: condepe, fidem, crescimento, gerencia de estudos, caged, agropecuaria, industria
    Compartilhe: Link para o post:
  • Governança Metropolitana: Pernambuco participará de Seminário promovido pelo Ipea

    | Administração

    O presidente da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem, Bruno Lisboa, participa nos dias 23 (segunda-feira) e 24 (terça-feira), em Brasília, do II seminário e Oficina Política Metropolitana: governança, instrumentos e planejamento metropolitanos. O evento é promovido pelo Ipea, pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e por organizações da sociedade civil.  O objetivo é avaliar o panorama dos Planos de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUIs) e da governança para a sua implementação em um conjunto de regiões metropolitanas (RMs) no Brasil. 

    O gestor estará acompanhado pela diretora de Planejamento e Desenvolvimento Territorial da entidade, Sheilla Pincovsky, que ministrará palestra, durante a realização de uma mesa de debates no primeiro dia de atividades, destacando A experiência da Região Metropolitana do Recife na elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado – PDUI. A diretora contará detalhes da preparação do novo Sistema Gestor Metropolitano, instituido a partir da lei complementar nº 382 de 09 de janeiro de 2018, onde foram criados dois conselhos e um comitê para tratar das questões metropolitanas e, ainda, elaborar o anteprojeto do PDUI/RMR.

    Os especialistas reunidos no seminário vão debater principalmente as estratégias de financiamento da política metropolitana, aprofundar a análise do protagonismo dos municípios nessa agenda e o papel do Legislativo na atual fase de revisão do Estatuto da Metrópole (Lei Federal nº 13.089/2015), com a Medida Provisória nº 818/2018, que amplia o prazo de conclusão dos PDUIs, e a subsequente avaliação das novas legislações metropolitanas pelas assembleias estaduais.

    Programação – A abertura do evento será feita na sede do Ipea por representantes do Ministério das Cidades, Ipea, Frente Nacional dos Prefeitos e CNM. Serão realizadas: quatro palestras, sendo uma pela manhã e outras três à tarde. A primeira palestra será realizada a partir das 10h:30 sobre o tema: Interpretando o Estatuto da Metrópole – Comentários à Lei nº 13.089/2015. À tarde, inicialmente será abordado o tema Panorama sobre o Planejamento e Governança nas Regiões Metropolitanas do Brasil, com duas mesas redondas, e, em seguida, Desafios e perspectivas ao financiamento da política metropolitana, onde especialistas estarão debatendo a governança metropolitana.

    Também está na programação deste dia, o lançamento do livro Brasil Metropolitano em Foco: desafios à implementação do estatuto da Metrópole. Ele é o quarto livro da pesquisa Governança Metropolitana no Brasil, desenvolvida por meio de uma articulação institucional. O volume contém as propostas de cada Estado Federativo para a governança metropolitana, cada Estado tem um capítulo, incluindo  Pernambuco, em que discorre sobre as propostas estaduais para a governança dentro dos parâmetros normativos homologados no Estatuto da Metrópole.

    Já no dia 24, o evento ocorre na sede da CNM, e pretende estimular a troca de informações sobre o protagonismo municipal na agenda metropolitana, como também discutir questões de método para a implementação dos PDUIs. Além de quatro mesas de debate, serão realizadas diversas oficinas para aprofundar temáticas setoriais e suas correlações intersetoriais e multiníveis: meio ambiente, saneamento e recursos hídricos; desenvolvimento urbano, uso do solo e habitação; mobilidade, transporte e logística; governança, financiamento e monitoramento.

    Assuntos: condepe, fidem, seminario, planejamento metropolitano, protagonismo,
    Compartilhe: Link para o post:
  • Convocatória do Ciclo Junino 2018 está com inscrições abertas

    | Cultura
    sao joao

    Inscrições de propostas podem ser feitas de 26 de abril a 9 de maio. Serão contratados artistas e grupos ligados às manifestações e músicas deste período   

    O Governo do Estado, por meio das Secretarias de Cultura/Fundarpe e Turismo, Esportes e Lazer/Empetur, lança nesta sexta-feira (20) a Convocatória do Ciclo Junino 2018. O edital - cuja finalidade é a contratação de artistas, grupos e agremiações para apoiar os municípios pernambucanos que irão realizar a festa neste período - será direcionado a banda de pífanos, bumba-meu-boi, cavalo-marinho, ciranda, coco, embolada, grupo de bacamarteiros, mamulengo, mazurca, quadrilha junina, reisado, repente, São Gonçalo, viola, xaxado, forró pé-de-serra e MPB.

    Os interessados em participar da convocatória poderão submeter suas propostas no período de 26 de abril a 9 de maio. As inscrições podem ser feitas na sede da Secult/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469 – Boa Vista – Recife), das 8h às 17h, ou enviadas via Correios, através de SEDEX (só serão validadas as propostas que tenham sido remetidas até o último dia de inscrição).

    Confira aqui a Convocatória e seus Anexos.

    Com objetivo de garantir uma predominância das músicas e danças da tradição junina, a Convocatória destinará: 30% para a participação de artistas e grupos da categoria de cultura popular; 40% para categoria de música e dança da tradição junina; 10% para os grupos de forró pé-de-serra; e 20% para artistas da música popular brasileira. Ficam limitadas em até três as apresentações para artistas e grupos das categorias de cultura popular, grupos de forró pé-de-serra e música e dança da tradição junina; e em até duas apresentações para artistas e grupos da categoria de música popular brasileira.

    O Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja, destaca que "o formato da Convocatória, pactuado com o Conselho Estadual de Política Cultural, é a reafirmação de uma conquista importante dos fazedores de cultura, além de estar em sintonia com propostas e debates recentes ocorridos em momentos de intensa participação popular, como a IV Conferência Estadual de Cultura".

    Já a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, ressalta que o edital, assim como nas últimas edições, é exclusivo à contratação de artistas, grupos e agremiações pernambucanas, " que, graças ao seu talento e dedicação, mantêm viva a tradição dos festejos juninos de nosso Estado, que é tão rico e diverso culturalmente".

    “O São João é um dos principais festejos de Pernambuco, e por isso estamos sempre trabalhando para promover a festa em nossas atividades de divulgação do destino Pernambuco. A promoção é voltada para os próprios pernambucanos, além dos turistas do mercado nacional e internacional. A ideia é atrair cada vez mais turistas para o ciclo. O São João é um importante momento de propagação da nossa cultura e divulgação dos nossos artistas locais. Queremos promover uma festa sempre integrada, entre o turismo e a cultura, para fazer um São João rico e tradicional”, comenta o presidente em exercício da Empetur, Ciro Couceiro.

    As propostas serão analisadas por uma Comissão de Avaliação, formada a partir de uma seleção de profissionais de notório saber nas áreas de música, cultura popular e dança. Os interessados em integrar essa comissão, deverão se inscrever pessoalmente na sede da Secult/Fundarpe (Rua da Aurora, 463/469 – Boa Vista – Recife), no período de 26 de abril a 7 de maio, das 8h às 17h, ou por e-mail comissaosaojoao2018@gmail.com, contendo o assusto da seguinte forma: Nome completo do proponente/Opção de inscrição (registrar qual o segmento). Só serão validadas as inscrições via internet que sejam realizadas até às 23h59 do dia 7 de maio.

    Assuntos: secult, fundarpe, convocatoria, festas juninas, musica, cultura
    Compartilhe: Link para o post:
  • Gincana arrecada livros para reeducandos

    | Direitos Humanos

    livros

    Sabe aquele livro que estava encostado na prateleira, porque não dar uma utilidade para ele? Pensando nisso, a Secretaria da Controladoria-Geral do Estado, por meio da Diretoria de Planejamento e Gestão (DPGE), realizou uma gincana com o propósito de estimular a doação. E a brincadeira deu certo, incentivando uma competição saudável entre as diretorias do órgão, que resultou na arrecadação de 780 livros. Entre os títulos, estão livros didáticos, dicionários, filosóficos, literários e clássicos. Todos doados para o projeto “Remissão de Pena pela Leitura”, da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), e ainda para montagem das bibliotecas prisionais.

    Além da questão social, a gincana promoveu um momento de interação entre os seus servidores e terceirizados, garantindo à diretoria vencedora um café da manhã. “Todos estavam bastante empenhados com a gincana. Por meio dessas iniciativas, ajudamos a manter um bom clima organizacional, contribuímos com um importante projeto e, mais do que isso, contribuímos para a mudança de vida de outras pessoas”, destacou a Diretoria de Planejamento e Gestão, Elisa Andrade.

    O projeto “Remissão de Pena pela Leitura” pretende estimular o estudo entre os reeducandos. Por meio desta ação, o detento precisa ler um livro por mês e produzir resenha sobre o título, assim pode ser beneficiado com a remissão de sete dias de pena. A iniciativa conta ainda com o apoio da Secretaria de Educação.

    Assuntos: dpge, remissao de pena, leitura, seres, ressocializacao, gincana
    Compartilhe: Link para o post:
  • Funase participa de lançamento de projeto que garante cidadania a crianças e adolescentes

    | Direitos Humanos

    funase

    Iniciativa do TJPE viabilizará emissão de documentos e assistência jurídica a jovens em situação de vulnerabilidade ou sob acompanhamento de medidas socioeducativas

    A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) participou do lançamento do projeto Cica Cidadania, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). A iniciativa tem como objetivo agilizar a oferta de serviços a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social ou sob acompanhamento de medidas protetivas ou socioeducativas no âmbito da 3ª Vara da Infância e Juventude. A solenidade ocorreu no auditório da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), na rua João Fernandes Vieira, no bairro da Boa Vista, área central do Recife.

    Por meio do projeto, o público que chegar ao Centro Integrado da Criança e do Adolescente (Cica) e tiver pendências em documentações será contemplado com a emissão de certidão de nascimento, RG, CPF, carteira de trabalho e título de eleitor num só espaço. Ainda será feita a inclusão em cursos profissionalizantes e programas socioeducativos em meio aberto, além da concessão de assistência jurídica. Conforme números divulgados pelo TJPE, em meio a 1.175 crianças e adolescentes atendidos pelo CIJ entre janeiro e março de 2017, 535 não tinham carteira de identidade, e 589, o CPF.

    A Funase integra a parceria por meio da Unidade de Atendimento Inicial (Uniai). A instituição foi representada no lançamento do projeto pela assessora técnica da Diretoria Geral da Política de Atendimento (DGPAT), Nereida Pontes, e pela supervisora da Assessoria Técnica de Unidades de Internação Provisória (Atip), Divone Wanderley. Além da Funase, são parceiros da iniciativa o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a Defensoria Pública de Pernambuco (DPPE), o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) e secretarias do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife.

     Idealizador do projeto, o juiz da 3ª Vara da Infância e Juventude da Capital, Paulo Brandão, destacou a iniciativa como pioneira no país. “O momento é de agradecimento. Conseguimos hoje declarar que, no Brasil, existe um lugar que obedece às regras na área da infância e juventude, e é Pernambuco, o Recife. Somos a vanguarda no respeito ao adolescente infrator neste país”, declarou.

    O coordenador estadual da Infância e Juventude do TJPE e presidente do TRE-PE, desembargador Luiz Carlos Figueiredo, ressaltou a agilidade que o público ganhará com o projeto. “Quem está precisando tirar o CPF, por exemplo, já poderá tirar aqui mesmo, sem ter que esperar vários dias por um encaminhamento. O tempo da criança e do adolescente é diferente do tempo dos adultos. Então, temos que ser rápidos”, afirmou.

    Durante a solenidade, o adolescente M. M., que presta serviço comunitário na biblioteca do TRE-PE, exaltou as experiências que está vivenciando. “Essa medida que estou cumprindo está sendo muito boa pra mim e, com certeza, será pra muitos outros jovens, que vão ocupar a mente. Estou aprendendo a lidar com as pessoas. Quem tiver a oportunidade que estou tendo não vai se arrepender”, disse.

     Para a presidente da Funase, Nadja Alencar, a importância de um centro integrado estar funcionando é fazer com que o atendimento relativo a medidas socioeducativas em meio aberto seja uma opção consistente. “O encaminhamento a uma unidade tem que ser a última opção. Fortalecendo o atendimento em meio aberto no Judiciário, você faz com que apenas os casos em que há, de fato, uma necessidade sejam encaminhados à Funase”, declarou.

    Assuntos: sdscj, funase, projeto, cidadania, tjpe, cica,
    Compartilhe: Link para o post: