meteorologia

Bacias Hidrográficas

Obra em todo lugar

Veja o que o Governo de Pernambuco está fazendo na sua região.

Blog de notícias

  • No Sertão, Detran-PE arrecada donativos para vítimas das chuvas

    Diante das fortes chuvas que caíram recentemente no Sertão Pernambucano, e do rompimento da barragem Zumbi, no município de Arcoverde, o Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) desenvolveu campanha para arrecadação de donativos destinados à população desabrigada da cidade. Por meio da Diretoria de Fiscalização/DTFO – Operações de Trânsito, a ação, que envolveu agentes de trânsito da cidade, arrecadou alimentos, produtos de limpeza, descartáveis e outros mantimentos necessários para enfrentar o período em desabrigo, como também, prevenir a contaminação pelo coronavírus.

    A coleta das doações foi coordenada pelo agente de trânsito Hemannuel Figueiredo, que reuniu donativos com ajuda de um grupo de estudantes da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde/Centro de Ensino Superior de Arcoverde (AESA-CESA). Os alunos, do 3º período do curso de Direito, ficaram encarregados de juntar os produtos, que posteriormente são distribuídos nas comunidades carentes, com o apoio de viaturas e agentes do Detran-PE.

    Com as chuvas nas regiões Agreste e Sertão, ocorridas principalmente nos últimos dias, 16 barragens e alguns riachos transbordaram, conforme divulgado pela Imprensa. Com isso, dezenas de famílias estão desabrigadas ou ilhadas. Além de Arcoverde, foram atingidos pelas chuvas os municípios de Serra Talhada, Afogados da Ingazeira, Sertânia, Carnaíba e Terra Nova. Também foram registradas quedas de árvores e destruição de rodovias. Outras barragens estão com a capacidade no limite e podem transbordar se ocorrer continuidade das chuvas.

    Cidades: Arcoverde
    Assuntos: seinfra, detran, chuvas, donativos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Confirmado segundo caso de Covid-19 em Noronha

    | Saúde
    Foi confirmado na tarde desta terça-feira,31, mais um caso de Covid-19 em Fernando de Noronha. Trata-se de uma pessoa que esteve em contato com o primeiro paciente contaminado. Esse novo paciente é homem, tem 36 anos e também é funcionário do aeroporto. O paciente está assintomático, ou seja, não apresenta os sintomas da doença, mas pode transmitir para outras pessoas. Ele permanece isolado e cumprirá a quarentena de 14 dias.
     
    Desde a confirmação do primeiro caso, 16 pessoas que tiveram contato com o paciente foram colocadas em isolamento e testadas para coronavírus. Destas, apenas uma recebeu resultado positivo para Covid-19. Outras 14 testaram negativo e uma teve resultado inconclusivo e terá o exame refeito. 
     
    O fato do novo paciente ser assintomático só reforça a necessidade do isolamento social. Pessoas podem carregar o vírus sem ter conhecimento disso e assim contaminar outras pessoas. Portanto segue a orientação para que todos fiquem em casa, como explica o administrador da ilha, Guilherme Rocha.
     
    “Esse caso da pessoa estar assintomática, significa que a gente precisa ficar em casa. Porque podem existir outras sem sintomas, mas que podem estar com o vírus. Aí está a resposta do porquê fechamos escola, comércio. O principal vetor de transmissão são pessoas fora da zona de risco e sem sintomas”, diz Guilherme.
     
    Para evitar uma propagação da doença na ilha, todos os moradores e servidores que desembarcam no aeroporto estão passando por uma quarentena obrigatória. “Entre a pessoa se contaminar e apresentar os sintomas, existe um período de 14 dias. Por isso, quem chega em Noronha precisa ficar de quarentena por, no mínimo, sete dias. Se tiver sintomas gripais, por 14 dias”, explica o superintendente de saúde Fernando Magalhães.
     
    Mesmo com esse cuidado no aeroporto, o administrador da Ilha, Guilherme Rocha, não descarta a possibilidade de fechamento total para pousos e decolagens. Atualmente há apenas um voo semanal operando na ilha, para transporte de moradores e servidores.
     
    “É algo preocupante quando começamos a ver um ou outro insistindo em descumprir as recomendações de quarentena, de ficar em casa. De querer sair de Noronha e quando voltar não cumprir a quarentena. As pessoas precisam entender que nós fazemos essa recomendação para o bem, não só dele (de forma individual), mas também para a saúde pública da ilha. Se a gente começar a perceber que não está dando certo, que não estamos tendo retorno imediato dos próprios moradores, teremos que partir para medidas extremas, porém necessárias, de realmente fechar o aeroporto para pousos e decolagens. Não queremos chegar a esse ponto”, afirma o administrador.
    Cidades: Fernando de Noronha
    Assuntos: fernando de noronha, coronavirus, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • BOLETIM COVID-19 SES-PE

    | Saúde

    corona

    Foto: Agência Brasil/EBC

    A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (31.03), mais 10 casos da Covid-19 em Pernambuco. Com a atualização, o Estado contabiliza 87 ocorrências pelo novo coronavírus. Não houve nenhuma nova morte confirmada nas últimas 24h, sendo 6 o número de óbitos registrados até agora.

    De acordo com o boletim epidemiológico, dos 10 novos casos confirmados, 7 são do sexo masculino, com idades entre 30 e 69 anos; e 3 do sexo feminino, na faixa etária entre 30 e 70 anos. Dos pacientes, 6 são residentes do Recife, 2 de São Lourenço da Mata, 1 de Ipubi, no Sertão do Araripe, além de 1 novo caso registrado em Fernando de Noronha. Este é o 2o caso registrado na Ilha –contactante do 1o caso confirmado na última sexta-feira (27.03).

    Até agora, os casos estão distribuídos por 11 municípios (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina, Ipubi e Goiana), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

    No momento, 23 pacientes estão internados, sendo 12 em UTI/ UCI e 11 em leitos de isolamento. Outros 44 estão em isolamento domiciliar e 14 já se recuperaram da Covid-19.

    Recuperados - Subiu para 14 a quantidade de pacientes considerados recuperados da doença. A paciente, que teve cura clínica, é do sexo feminino, tem 97 anos e reside no Recife.

    Arquipélago – Na última sexta-feira (27.03), foi confirmada a primeira ocorrência no Arquipélago Fernando de Noronha. Um homem de 48 anos, funcionário de uma empresa terceirizada, que permanece em isolamento domiciliar.

    Para evitar a propagação do vírus, todos os contactantes do homem foram monitorados e colocados em quarentena, em quartos isolados e diferentes, além de serem testados. Apenas um deles testou positivo para a doença, e permanece em isolamento.

    Pernambuco amplia testes - O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), anunciou nesta terça-feira (31.03), a ampliação da capacidade de testagem para a Covid-19 no Estado, possibilitando a realização de exames nos profissionais de Saúde, da rede pública e privada, que estão trabalhando diretamente com os pacientes suspeitos e confirmados para a doença, além das forças de Segurança. A ampliação vai ser possível graças à parceria entre a SES-PE e o Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz/PE), que possibilitará, inicialmente, triplicar a capacidade atual, saindo de cerca 770 para 2.170 exames por semana, a depender do envio dos kits pelo Ministério da Saúde (MS). Esse número pode chegar a 1 mil exames/dia.

    "Vamos dotar o Estado da capacidade de testar mais, ampliando para além dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave internados, como é preconizado atualmente pelo Ministério da Saúde. Com essa ampliação, vamos, inicialmente, beneficiar os profissionais de saúde e de segurança, num esforço para garantir a segurança e cuidado também para esse público. A partir desta quarta-feira, iniciamos os testes juntando forças do Instituto Aggeu Magalhães aos esforços do Lacen-PE. À medida que o Ministério da Saúde enviar mais kits, vamos ampliando o número de testes realizados", afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

    Os testes serão os mesmos já realizados atualmente pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), por meio da técnica RT-PCR, indicada para pacientes no início dos sintomas (até 7 dias) e que analisa a presença do vírus ou parte dele na amostra coletada. Os kits de testagem, nesta parceria, serão os encaminhados pelo Ministério da Saúde, que anunciou a ampliação do envio dos kits.

    A vice-diretora do Instituto Aggeu Magalhães, Constância Ayres, ressaltou a importância da parceria para a valorização e ampliação da produção científica em Pernambuco. “A Fiocruz/PE vai trabalhar em quatro frentes. A primeira é um projeto de pesquisa para desenvolver um teste rápido baseado em papel que vai dar o resultado em minutos. A segunda é a questão da evolução dos genomas, dos vírus que estão circulantes aqui em Pernambuco para entendermos qual o comportamento epidemiológico e se existe variações que podem ser importantes para o enfrentamento da epidemia. O terceiro ponto é a questão do tratamento, então vamos utilizar nossa plataforma para testar novos produtos e novas drogas anti-virais que possam combater o novo coronavírus. E, por último os estudos epidemiológicos. Nós vamos tentar entender as questões sociais que interferem no desenvolvimento da curva aqui no Estado”, destacou.

    Além da parceria com o Instituto Aggeu Magalhães, nesta semana, a empresa Genômika, especializada em testes genéticos e imunológicos, passa também a compor os esforços do Estado para ampliar a realização de exames pela técnica RT- PCR. Por dia, o laboratório privado vai processar 300 exames. Essa ontratualização está sendo feito em parceria com o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

    tabela1

    tabela2

    tabela3

    tabela4


    Assuntos: ses, coronavirus, covid19
    Compartilhe: Link para o post:
  • Chocolates Brasil Cacau doará ovos de chocolate para doadores de sangue do Hemope

    | Saúde

    ovos 

    Com o intuito de mostrar que, apesar de estarmos vivendo um momento difícil, inclusive para o comércio, por causa do COVID-19, podemos ser solidários, incentivando as doações de sangue, a Fundação Hemope, em parceria com a Chocolates Brasil Cacau, vão presentear os doadores de sangue com ovos de chocolate. A ação acontece na próxima quinta-feira (2 de abril) a partir das 9h.

     “Nesse momento, sabemos que os estoques estão baixos, então estamos fazendo a nossa parte. Além dos ovos, que serão entregues para os doadores, nós também vamos destinar uma quantidade para a equipe que trabalha no atendimento do Hemope, visando valorizar o trabalho dos profissionais nesta época“, destacou a coordenadora da ação e franqueada das lojas do Shopping Recife, Guararapes e Patteo Olinda, Karla Menezes. Ao todo, serão 420 ovos de chocolates que serão distribuídos (350 para doadores e 80 profissionais).

    A ação segue a mesma estratégia que a franquia está fazendo em âmbito nacional. "Por reconhecermos a referência do trabalho do Hemope, escolhemos essa instituição como forma de levar um pouco de gratidão, na forma de chocolate, para todos que estão contribuindo", reforçou Karla.

    Cidades: Recife
    Assuntos: ses, hemope, doacao de sangue, ovos de chocolate
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretário do Trabalho de Pernambuco defende agilidade do Governo Federal na liberação do Auxílio Emergencial

    | Economia, Emprego
     
    Vice-presidente do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho (Fonset) e representante do Nordeste, o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, solicitou, nesta terça-feira (31), mais celeridade do Governo Federal na liberação de recursos para socorrer os profissionais autônomos e micro e pequenos empreendedores neste período de quarentena e combate ao novo Coronavírus. Ele falou sobre o assunto em teleconferência com representantes do Ministério da Economia e secretários do trabalho de outros estados do Brasil e mencionou as particularidades de Pernambuco. Somente no Estado, existe cerca de 1,8 milhão de trabalhadores informais, de acordo com a Pnad Contínua do quarto trimestre de 2019.

    "É importante acelerar todos as etapas para que os autônomos possam receber, o mais breve possível,  o valor de R$ 600 (o Auxílio Emergencial). Isso se torna cada vez mais urgente, porque já estamos na segunda semana de quarentena. É a União que detém recursos para atuar em momentos como este, justamente porque temos uma partilha desigual e o Pacto Federativo até hoje não foi aprovado, mesmo tendo sido uma reivindicação frequente desde 2014", disse Alberes Lopes.  

    Segundo o secretário pernambucano, as Agências do Trabalho também entraram na pauta da reunião do Fonset. Ele falou sobre a importância de o governo federal liberar os devidos recursos para ajudar a manter as Agências do Trabalho em todas as unidades da federação, mas ainda não recebeu um aval positivo, bem como os outros secretários estaduais que atuam na mesma área. 

    "No caso de Pernambuco, o valor devido pelo governo federal é de R$ 2,7 milhões e esses recursos não chegaram, por mais que já tenhamos ido a Brasília discutir o assunto desde o ano passado. A demora na chegada destes recursos dificulta a melhora da estrutura das Agências do Trabalho e isso prejudica diretamente os trabalhadores e os servidores, um público que qualquer governo precisa dar prioridade. Não recebemos nada no ano passado e as Agências são de responsabilidade conjunta do Governo Federal e do Governo de Pernambuco, mas só o Estado tem feito sua parte. Vamos precisar de recursos e de pessoal para dar um melhor suporte aos trabalhadores após esse período de quarentena", declarou.

    Alberes Lopes também cobrou que o governo federal possa ampliar linhas de crédito com menos burocracia para todos os micro empreendedores neste momento difícil pelo qual passamos. "Aqui, em Pernambuco, o governo do Estado já prorrogou o prazo de pagamento do Crédito Popular para aqueles que estavam em dia. Neste momento específico, defendemos que o Banco do Nordeste e a Caixa Econômica reduzam a burocracia, os juros e aumentem o prazo de carência na liberação de empréstimos para capital de giro, de modo a beneficiar os empreendedores de menor porte", destacou.  

    Outros pontos da reunião do Fonset serão aprofundados posteriormente. O Fórum foi criado no final dos anos 80, sendo composto por titulares das secretarias estaduais do Trabalho e mais a Secretaria de Trabalho do Distrito Federal.
    Assuntos: seteq, profissionais autonomos, auxilio emergencial, agencias do trabalho
    Compartilhe: Link para o post:
  • Secretaria do Trabalho de Pernambuco abre inscrições para cursos gratuitos em formato EaD

    | Educação, Emprego
    As inscrições começam a partir 1º de abril e vão até o dia 7
     
    Em virtude das medidas de isolamento social tomadas para o enfrentamento da Covid-19, o novo Coronavírus, a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (SETEQ), em parceria com a Secretaria de Educação e Esporte de Pernambuco (SEE), abre inscrições para cursos gratuitos na modalidade de Educação à Distância (EaD). O novo formato faz parte do programa Novos Talentos, que desde 2011 já capacitou mais de 30 mil trabalhadores e empreendedores pernambucanos. As inscrições para os cursos EaD irão iniciar, nesta quarta-feira (01), com prazo até terça-feira (07) da próxima semana.  Já a abertura e início dos cursos serão na próxima quarta-feira (08). 
     
    Segundo o secretário executivo do Trabalho e Qualificação, Álvaro Jordão, a plataforma EaD do programa Novos Talentos disponibilizará, nesse primeiro momento, os cursos de Introdução a Web Design, Edição e Processamento de imagens, Técnicas de Vendas, Informática Básica, Técnicas de Atendimento ao Público.
     
    Novos Talentos EaD têm a missão de inovar e disponibilizar o que há de mais atual e dinâmico ao trabalhador. O programa oferece cursos de aperfeiçoamento (até 100 horas-aula), para quem deseja se qualificar numa profissão. Esta modalidade de ensino e aprendizagem viabiliza a adequação às disponibilidades do aluno, seja de tempo ou de espaço, dentro do moderno conceito de estar presente na maioria dos lugares. Para cada curso, serão disponibilizadas 100 vagas, além de emissão de certificado ao final para os alunos que cumprirem a carga horário e os exercícios fornecidos. 
     
    “Nesse momento, é muito importante essa plataforma EaD que estamos disponibilizando através do programa Novos Talentos. Já fizemos uma parceria com o Instituto Êxito que também disponibilizou cursos online gratuitos. Esses novos cursos que estamos divulgando vêm para contribuir ainda mais para o trabalhador, microempreendedor e também para o estudante que queira aprender outros cursos profissionalizantes. Então, nesse momento, de enfrentamento da pandemia do Covid-19, as pessoas estão em casa e não necessitam ir para um local físico, além de ser importante também pela qualificação e ter a possibilidade de ganhar dinheiro em casa. Quando passar todo esse período difícil, as pessoas vão estar mais preparadas para poder ingressar no mercado de trabalho”, afirmou o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes. 
     
    Para se inscrever acesse: https://ead.seteq.pe.gov.br/
     
    Confira o conteúdo programático e a carga horária de cada curso:
     
    Introdução a Web Design/ 100h/ 5 semanas
    Neste curso você vai conhecer os Fundamentos de Web Design e HTML5, formatar um site usando Técnicas Avançadas em HTML5, formatar um Site com recursos multimídia e planejar layouts com CSS
     
    Edição e processamento de imagens/ 60h/ 3 semanas
    Neste curso você vai conhecer os principais formatos de armazenamento de imagens para Web, formatar imagens para utilização na Web ou em aplicativos de editoração de textos ou apresentações e técnicas de edição e montagem de layouts para Web com base em Imagens.
     
    Técnicas de Vendas/ 80h/ 4 semanas
    Neste curso você vai compreender o conceito de venda de produto e serviço, conhecer as fases da venda, desenvolver técnicas de atendimento ao cliente e conhecer boas práticas de pós-vendas.
     
    Informática Básica/ 60h/ 3 semanas
    Neste curso você vai aprender a interagir com o computador através de um sistema operacional e utilizar os recursos básicos de ferramentas de Planilha Eletrônica, Navegadores para Web e Programas de gerenciamento de mensagens de E-mail.
     
    Técnicas de Atendimento ao Público/ 40h/ 2 semanas
    Neste curso você vai aprender a Desenvolver a Atitude Proativa no Atendimento ao Cliente e a Esclarecer e Direcionar os Clientes nas Dúvidas quanto aos Serviços e Produtos Oferecidos pela Empresa
    Assuntos: seteq, cursos ead, covid19, programa novos talentos
    Compartilhe: Link para o post:
  • Funcultura da Música incentivou, nos últimos anos, mais de 40 discos de artistas pernambucanos

    | Cultura

    Nos últimos três anos, por meio dos editais do Funcultura da Música, foram aprovados, anualmente, uma média de cinquenta projetos culturais. Além dos videoclipes, festivais, ocupação de espaços, de circulação, pesquisa e capacitação, vários destes projetos incentivados pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), envolveram a gravação de discos de artistas pernambucanos que puderam produzir seus trabalhos autorais.

    Ao todo, foram mais de 40 discos produzidos, e vários destes álbuns ou canções estão disponíveis para audição em plataformas de streaming como o Spotify. Uma playlist produzida pela Secult-PE/Fundarpe pode ser uma opção de lazer em casa, neste período de quarentena, em cumprimento ao Decreto nº 48.832, com recomendações do Governo de Pernambuco para enfrentamento do coronavírus (COVID-19). 

    Até 2016, os projetos culturais na área da música em Pernambuco ainda eram incentivados pelo Funcultura Geral. Atendendo a uma demanda da sociedade e da classe artística do estado, o Governo do Estado decidiu, naquele ano, criar um edital específico que contemplasse a realidade do mercado da música a nível estadual.

    “Foi uma grande conquista para o setor da música de Pernambuco um edital específico do Funcultura, que está no seu quarto ano. Com ele, temos um orçamento maior, quase o dobro do que era disponibilizado no Funcultura Geral. Ganhamos também um novo formato na questão da análise dos projetos, e a defesa oral dos projetos habilitados, auxiliando os pareceristas a definirem as iniciativas a serem selecionadas”, destaca Andreza Portella, coordenadora de Música da Secult-PE.

    Segundo Andreza Portella, a categoria de gravação de disco é uma das que tem um dos maiores orçamentos. “É também uma das mais demandadas, com o maior número de inscritos nessa categoria, o que ressalta a importância do CD para os artistas no mercado fonográfico. Lembrando que a categoria de gravação não é só para disco físico, como EP, LP e DVD, mas também em formato digital”, explica a coordenadora de Música da Secult-PE.

    No 3º edital do Funcultura da Música (2018/2019), 12 artistas foram contemplados e puderam lançar seus trabalhos autorais, músicos pernambucanos como Hugo Lins, Mestre Bi e Ciranda Bela Rosa, e a Orquestra Malassombro, entre outros.

    Já na segunda edição do Funcultura da Música (2017/2018), foram aprovados 15 projetos de gravação de disco, envolvendo nomes como Tonfil, Mestre Zé Negão e Mestre Santino Cirandeiro, além de várias compilações como os álbuns “Samba de Erasto” (com canções de Erasto Vasconcelos), e “O que é que o Araripe tem” (apresentando vários forrozeiros do sertão pernambucano). 

    Lançado em 2016, o primeiro edital do Funcultura da Música (2016/2017) teve 19 gravações de CDs aprovadas, revelando o trabalho autoral de artistas como Thiago Martins, Cosmo Grão e Alexandre Revoredo.

    Primeiro artista do Agreste a aprovar um projeto de gravação de disco no Funcultura, Alexandre Revoredo lançou seu disco “Revoredo” na última sexta-feira (27). De acordo com o músico, o Fundo de Incentivo à Cultura deu a ele a possibilidade de fazer um disco de uma forma mais profissional.

    “Pude contratar uma equipe de assessoria de imprensa, design, fotografia, de impressão de discos, e ficou um trabalho muito primoroso, além de poder pagar alguns músicos, estúdios e produtores envolvidos no projeto. Sem o Funcultura, eu teria lançado, em 2016, um EP digital com quatro canções, e não um álbum produzido dessa forma mais elaborada e com as participações que eu queria que estivessem comigo”, disse o artista.

    4º Funcultura da Música – As inscrições para o Funcultura da Música 2019/2020 foram prorrogadas para o período de 15 a 29 de junho de 2020. Serão investidos R$ 4,16 milhões em projetos de música, o que garante o desenvolvimento da cadeia produtiva da música em suas diversas áreas. Clique aqui e confira o edital e seus anexos.

    Os recursos são distribuídos em nove categorias: Circulação; Festivais; Gravação; Produtos e Conteúdos; Economia da Cultura; Difusão Da Rede de Equipamentos do Estado, Geridos pela Secult/Fundarpe; Manutenção de Escolas de Bandas de Música e Corais; Formação e Capacitação; e Pesquisa.

    A Unidade de Atendimento ao Produtor Cultural funcionará, durante o Decreto nº 48.832,  por meio do e-mail atendimentosic@fundarpe.pe.gov.br, e pelos números (81) 9.8327.0979 e (81) 3184.3026, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h, e das 13h às 17h.

    Confira os projetos contemplados em cada edição do Funcultura da Música na categoria Gravação:

    3º Edital do Funcultura da Música (2018/2019)
    517/19 – Ambrosino – Nuvem de Fumaça Guerrilheira 
    554/19 – Veneno Bento
    615/19 – Orquestra Malassombro
    629/19 – Sagrama e Gonzaga Leal – Na Trilha De Uma Missão – Um Reencontro Com a Missão de Pesquisas Folclóricas de 1938 em Pernambuco
    639/19 - 1º CD de Lais de Assis – Ressemântica 
    648/19 – Riá – CD “Desbravando”
    677/19 – Mestra Bi e a Ciranda Bela Rosa – O Mundo de Um Cirandeiro
    694/19 – Sangre de Amor
    709/19 – SH – Surama Ramos e Henrique Albino
    730/19 – Gravação do CD – Atemporal, de Hugo Lins
    775/19 – Víbora – CD Físico e Digital de Mário Sobel
    799/19 – Renata Rosa – Gravação do 4º CD e show de lançamento 

    2º Edital do Funcultura da Música (2017/2018)
    0869/18 – Áries da Canção: Combo (Vinil, CD, DVD e Livro) 
    0726/18 – Cavalinho de Barro 
    0736/18 – Agdá / O Canto do Meu Canto 
    0719/18 - 2º CD do Mestra Santino Cirandeiro – “Encontro de Gerações”
    0876/18 - CD: “O Que Que O Araripe Tem” 
    0922/1 - João Limoeiro e a Ciranda Brasileira 
    0665/18 – Tonfil – Gravação de CD e show de lançamento 
    0921/18 – Mucambo: Música Contemporânea Para Acordeon, Fagote, Clarineta, e Percussão 
    0745/18 – Sambas de Erasto 
    0777/18 - CD Samba de Matuto – “O Gravo das Moças” 
    0734/18 - CD “Mulheres Compositoras” 
    0621/18 - CD “Virgulados” 
    0673/18 - CD “Canto de Nêgo” – Mestre Zé Negão 
    0620/18 – Alexandre Rodrigues – Pífanos e Frevos 
    0883/18 – Gravação do CD "Ciclos"  

    1º Edital do Funcultura da Música (2016/2017)
    0708/2017 - CD - (Di)versificando – Coletânea dos Artistas e Poetas Egipcienses
    0744/2017 - CD Thiago Martins
    0752/2017 – Cosmo Grão – Disco Virtual
    0760/2017 – “Vereda Caminho” – Primeiro disco solo de Bruno Lins
    0805/2017 – Finalização do CD de Rogério Samico “Vento”
    0865/2017 - CD “Homenagem a Aciolly Neto”
    0896/2017 - CD de Leandro Vaz
    0930/2017 - CD “Rabeca Brasileira”
    0969/2017 – Casas Populares da BR 232
    0980/2017 - Mucambo – Música Contemporânea para Quarteto de Cordas
    0997/2017 – CD “Renascido do Caos”
    1021/2017 - DVD “Na Casa do Rei”
    1038/2017 – CD “Frevo Para Ouvir Deitado”, de Mônica Feijó
    1056/2017 – Reminiscências – Gravação, prensagem e lançamento de CD de Mario Sobel
    1059/2017 - CD “Frevo Classudo” – Duo Frevando
    1074/2017 - CD de Alexandre Revoredo
    1078/2017 – Gravação do CD de Gustavo Pontual
    1093/2017 – Produção do DVD de Henrique Albino e Grupo, com a Banda de Pífanos de Caruaru
    1161/2017 – CD “Lululoops”

    Assuntos: secult, fundarpe, funcultura da musica
    Compartilhe: Link para o post:
  • Pernambuco amplia testes para detectar o novo Coronavírus

    | Saúde
     testes
     
    Em parceria com o Instituto Aggeu Magalhães, Governo do Estado vai triplicar a capacidade de testagem

    O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), anunciou nesta terça-feira (31.03), a ampliação da capacidade de testagem para a Covid-19 no Estado, possibilitando a realização de exames nos profissionais de Saúde, da rede pública e privada, que estão trabalhando diretamente com os pacientes suspeitos e confirmados para a doença, além das forças de Segurança. A ampliação vai ser possível graças à parceria entre a SES-PE e o Instituto Aggeu Magalhães (Fiocruz/PE), que possibilitará triplicar a capacidade atual, saindo de  770 para 2.170 exames por semana, a depender do envio dos kits pelo Ministério da Saúde (MS). 

    “Estamos tendo a oportunidade de ampliar a parceria com o Instituto Aggeu Magalhães, que anteriormente já se dava no âmbito das pesquisas na área de saúde. Atualmente, a Secretaria Estadual de Saúde tem a capacidade de realizar em média 770 testes do Coronavírus por semana, a partir dessa cooperação a gente vai poder triplicar o público que está testando”, ressaltou a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Luciana Albuquerque.

    Os testes serão os mesmos já realizados atualmente pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE), por meio da técnica RT-PCR, indicada para pacientes no início dos sintomas (até 7 dias) e que analisa a presença do vírus ou parte dele na amostra coletada. Os kits de testagem, nesta parceria, serão os encaminhados pelo Ministério da Saúde, que anunciou a ampliação do envio dos kits. Além disso, nesta semana, a empresa Genômika, especializada em testes genéticos e imunológicos, passa também a compor os esforços do Estado para ampliar a realização de exames pela técnica RT-PCR. Por dia, o laboratório privado vai processar 300 exames. Essa contratualização está sendo feito em parceria com o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (LIKA) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

    A vice-diretora de pesquisa da Fiocruz-PE, Constância Ayres, destacou que o Instituto fará pesquisas para identificar medicamentos para o tratamento desses enfermos. “Iremos começar a testar produtos potencialmente antivirais, para termos uma possibilidade de tratamento e medicação dos pacientes mais graves. Além disso, também faremos toda parte epidemiológica.”

    TESTAGEM RÁPIDA - O secretário André Longo ainda informou que os kits de testagem rápida do Ministério da Saúde (MS) não devem chegar mais esta semana, pela necessidade do órgão federal realizar testes centralizados para garantir a eficácia do insumo e, posteriormente, encaminhar aos Estados. "Se eu tenho um teste que não é de confiança e ele dá um falso negativo, poderá gerar um grande fator de confusão entre toda a comunidade, dando uma falsa sensação de permissividade aquele indivíduo que foi testado. Isso poderá atrapalhar nas medidas de controle", afirma Longo. O gestor ainda lembra que está em curso uma compra de mais de 350 mil testes rápidos pelo Consórcio Nordeste, que também está analisando a eficácia do que está sendo disponibilizado no mercado. 

    ORIENTAÇÕES – O secretário André Longo também reforçou, nesta terça-feira, as orientações à população. "Neste momento, se estiver com sintomas de gripe, procure fazer o auto-isolamento. Só vá a uma unidade de saúde se você tiver algum dos sintais de alerta, como o desconforto respiratório, dor torácica ou uma febre que se prolongue por mais de três dias mesmo usando antitérmico. Mas se você tem sintomas gripais leves, procure ficar em casa, evite contato, em especial com idosos e pessoas que já tenham problemas de saúde. Procure restringir o contato social em nome da solidariedade necessária com as demais pessoas. Isso é muito importante para que você não se torne um agente de transmissão da Covid-19", frisa André Longo.

    Link com o anúncio sobre a parceria: https://we.tl/t-Vnu9Y6Ff0q

    Fotos: Aluisio Moreira /SEI
    Assuntos: sei, ses, testagem, covid19, instituto aggeu magalhaes, fiocruz, lacen
    Compartilhe: Link para o post:
  • Boletim "Pernambuco Contra o Coronavírus"

     sei

     CORONAVÍRUS | Pernambuco teve mais quatro casos da Covid-19 confirmados nesta segunda-feira (30), totalizando 77. Mais uma morte também foi confirmada: a de um homem de 62 anos, no domingo (29), no Hospital dos Servidores do Estado (HSE), após quatro dias de tratamento intensivo. Com isso, sobe para 6 o número de mortes pelo Novo Coronavírus em Pernambuco. Mais dois pacientes apresentaram cura clínica, somando 13 casos recuperados. Há 39 em isolamento domiciliar e 19 internados, sendo 12 em UTI/ UCI e 7 em leitos de isolamento.

    ESCLARECIMENTO | O paciente de 57 anos que faleceu no Hospital Maria Lucinda no dia 23 de março nunca constou nas estatísticas de mortes por Covid-19 da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Os óbitos relativos à Covid-19 não são contabilizados por atestados, mas por testagem da Vigilância Epidemiológica. Confira a nota oficial: https://instagram.com/p/B-Xa0aiFWbF/

    VACINA | O Detran-PE está atuando no sistema “drive thru” e também em ações a domicílio para vacinação de idosos contra a gripe (Influenza/H1N1), no Recife e RMR. A modalidade de vacinação ocorre inicialmente em São Lourenço da Mata, de terça (31) a quinta (2), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Na terça (31), o “drive thru” chega a Escada, na Zona da Mata, das 14 às 17h, em frente ao Banco do Brasil. No Recife, a ação prossegue em novo local, na Av. Recife. http://www.pe.gov.br/b/22249

    NORONHA | A administração de Fernando de Noronha iniciou a montagem de um hospital de campanha na Escola Arquipélago, como medida preventiva, para reforçar o atendimento a pacientes, caso necessário. http://www.pe.gov.br/b/22238

    HOSPITAIS | O Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife convocaram cinco entidades credenciadas como organizações sociais para administração das 5 unidades hospitalares que atuarão no enfrentamento à pandemia: Imip, Hospital Tricentenário, Hospital de Câncer, Fundação Martiniano Fernandes e Instituto Humanize.

    CENTRAL DE DOAÇÕES => Para combater a disseminação do vírus são necessários insumos, EPIs (máscaras, álcool gel e álcool líquido 70) e produtos de limpeza, entre outros. Para doar, combine através do e-mail doacoescovid19@addiper.pe.gov.br , telefones (81) 99488.2149 e (81) 99488.3777.

    FONTES OFICIAIS => Cuidado com informações falsas! O Governo de Pernambuco preza pela transparência e agilidade nas informações. Para ficar bem informado, acompanhe as nossas redes sociais e o site https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/

    MEDIDAS VIGENTES => Relembre as atividades que estão suspensas para conter a disseminação da Covid-19 em Pernambuco: https://www.instagram.com/p/B-XJDlTldt0/

    Assuntos: sei, paulo camara, covid-19, boletim
    Compartilhe: Link para o post:
  • Literatura infantojuvenil no combate ao celular durante isolamento

    | Cultura

    capas

    Cepe Editora anuncia lançamentos no segmento para este ano e exibe alternativas do seu catálogo para entreter as crianças

    A pandemia da Covid-19 cancelou aulas, atividades esportivas e enclausurou crianças em casa. Resultado: televisão, videogame e celular o dia inteiro. Para os pais, aquele dilema: como oferecer outra opção nesse momento. Ainda mais para quem precisa não somente estar em casa, como também trabalhar em esquema de home office, o que requer um pouco de tranquilidade dentro dos metros quadrados disponíveis. A literatura pode ser uma ótima alternativa para afastar os pequenos dos eletrônicos e, de quebra, introduzi-las no mundo dos livros. São narrativas que abordam temáticas sociais, psicológicas e contemporâneas, ora em linguagem lúdica, ora realista, a depender da idade, dando grande importância às ilustrações.

    “Para as crianças, limitadas ao ambiente de casa nesse contexto e, muitas vezes, presas às telas, livros e histórias nunca foram tão importantes quanto agora. A Cepe Editora tem investido ao longo dos anos em um catálogo de narrativas para vários públicos. Neste ano, além do já lançado A menina que engoliu o céu estrelado (Gael Rodrigues) - vencedor do Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantojuvenil -, para crianças com mais grau de leitura, temos outros lançamentos previstos, como outros vencedores do prêmio: A biblioteca de Bia, de Viviane Ferreira Santiago; e Contos com gigantes, de Carolina Becker Kop”, revela o editor da Cepe, Diogo Guedes. 

    Uma crítica social à vida nas grandes cidades é feita pelo escritor Gael Rodrigues no livro A menina que engoliu o céu estrelado (R$ 45 - livro impresso; R$ 13,50 - e-book), lançado mês passado pela Cepe. O autor traz as aventuras oníricas de Jurema e do bode Damião em uma viagem rumo à capital. No caminho, a dupla encontra muitos perigos e gente esquisita, como as irmãs-peixe ou o homenzinho que regava o jardim de flores de pano. Ao chegarem, encontram um mundo cão, de trambiques, mentiras e exploração ao trabalhador. As ilustrações são de Renato Alarcão, o mesmo que assina os desenhos da obra A coisa brutamontes (R$ 40 -  livro impresso; R$ 10 - e-book), da jornalista Renata Penzani. A autora fala de um tema difícil com as crianças: a morte, comparada a um rinoceronte no meio da sala: 

    Ele estava ali – impossível que não o vissem! Um rinoceronte enorme, desconjuntado, peixe fora d’água. Mesmo eu, que só tenho 11 anos, sei reconhecer alguma coisa fora do lugar. Estava ali para quem quisesse ver, bem no meio da sala, interrompendo o vaivém das pessoas, que agiam como se nada incômodo ocupasse aquele lugar com cheiro de flor; não queriam esticar a vista para nada além do que já conheciam. Não sabiam mexer nas coisas inexplicáveis, e ainda assim olhavam para elas de cima, com seus olhares adultos, distribuindo respostas onde não cabiam nem as perguntas. E então o rinoceronte: descabido, inesperado, sem sentido. Tanto as pessoas o ignoravam que o absurdo da história que eu vou contar quase que nem tem a ver com ele. 

    O primeiro livro infantil do poeta Miró da Muribeca, Atchim! (R$ 20 - livro impresso; R$ 6 - e-book), é  um longo poema sobre as perguntas que as crianças costumam fazer sobre a vida e sobre Deus. “As perguntas parecem banais, mas são filosóficas”, diz Miró, que agradece ao ex-editor da Cepe, Wellington de Melo, pela sensibilidade de ter descoberto esse texto seu. “Ele descobriu esse meu lado infantil. Esse livro sou eu. É a história de um filho que nunca viu o pai; é a biografia da minha vida, da minha existência como negro da periferia”, resume. As ilustrações são do artista, cartunista e chargista mineiro Cau Gomez.

    Inspirado em uma história real de um menino que foi morar nas ruas do Recife aos 9 anos para fugir da violência doméstica, Anjo de Rua (R$ 20), de Manoel Constantino, apresenta Careca, 14 anos, em primeira pessoa. Amparado pelas ilustrações realistas do artista holandês radicado em Olinda Roberto Ploeg, a obra exibe o problema das crianças em situação de rua, passando fome e outras necessidades, nas mãos dos ‘justiceiros’ - que consideram que bandido bom é bandido morto - Sem meias palavras, mesmo sendo voltada para o público juvenil, a obra foi indicada ao Prêmio Jabuti (2012). 

    A literatura pode ser também uma forma mais fácil de aprender conteúdos escolares em outro contexto. No livro Os filhos do deserto combatem a solidão (R$ 35 livro impresso; R$ 7,50 - e-book), o menino africano Kandimba relata a época da escravidão no Brasil. Ele é trazido à força ao país após homens brancos invadirem seu povoado e o levarem prisioneiro para ser vendido aqui como escravo. Sua sorte muda ao parar nas mãos da mestiça Joana, que não apenas o protege mas também o insere no universo mágico da leitura. Esses e outros títulos do segmento infantojuvenil podem ser adquiridos na loja virtual da Cepe: https://www.cepe.com.br/lojacepe/

    Assuntos: casa civil, cepe, isolamento, covid19
    Compartilhe: Link para o post: